Sáb - 21/04
28º 16º 10:25
Guaíra - SP

Alunos de escolinha esportiva da prefeitura fazem manifestação em frente ao Paço Municipal

Esporte
Guaíra, 18 de agosto de 2015 - 14h47

  

Os jovens estavam acompanhados de dois responsáveis que reclamavam da falta de suporte do atual prefeito

 

Na manhã de ontem, dia 17, jovens da escolinha de futebol da prefeitura, acompanhados de dois responsáveis, fizeram uma pequena manifestação em frente ao Paço Municipal para reivindicar alguns direitos dos alunos.

De acordo com Claudinei Teodoro de Freitas, a escolinha não está recebendo nenhum apoio do atual prefeito, desde o início de sua gestão, apenas fornecendo os ônibus que transportavam os meninos para campeonatos regionais em outras cidades. A indignação foi quando a prefeitura resolveu cortar o transporte.

“Desde que o prefeito entrou nesse mandato, a escolinha ficou abandonada. Não tem ajuda com nada, nem bola, cone, rede, nada. O mínimo que você imaginar ele não ofereceu pra gente. Tudo que tem lá para que os alunos possam ter aula são os pais que pagam, inclusive as viagens” destaca Claudinei.

Mais de 80 alunos estão participando do campeonato regional de São José do Rio Preto desde janeiro deste ano. “Entramos no campeonato e combinamos com ele [prefeito] para pelo menos oferecer os ônibus, que a gente pagaria o motorista e o combustível. Custeamos a inscrição e tudo o que tem que pagar. Agora, no meio do campeonato ele falou que não vai emprestar mais. Quer tirar isso da gente, aproveitando que ele já não ajudou a gente em nada”, reclama o representantes dos jovens.

O Executivo ainda cedeu apenas um ônibus para levar os garotos. Como são muitos, metade vai de carro com os pais, que não medem esforços para manter os meninos no esporte.

Os pais dos 200 alunos da escolinha de futebol da prefeitura compraram os uniformes e ainda chegaram a colocar a patente da atual administração sem ao menos uma ajuda de custo do prefeito Sérgio de Mello. “Além disso, nosso professor, que dá aula para os meninos, está há um ano trabalhando de graça, sem receber da prefeitura”, ressalta Claudinei.

Os dois representantes dos alunos tiveram uma reunião com Sérgio de Mello, com o diretor Financeiro, Márcio José Bento e a secretária de Justiça, Gislene Aparecida da Silva Muniz.

Em nota, a assessoria de comunicação da prefeitura afirmou que a prefeitura está “sofrendo com queda de arrecadação” e que cortes terão que ocorrer.

“O prefeito entende que este projeto é de grande importância atendendo cerca de 200 crianças e adolescente, por isso pontuou soluções imediatas e de médio prazo para o problema. Sérgio garantiu o transporte para os próximos jogos fora da cidade, uma vez que os atletas estão disputando um campeonato em andamento. Mas solicitou planejamento. Pediu que os representantes apresentassem um cronograma de todos os jogos para setor de contabilidade da Prefeitura”, diz a nota.

O Executivo ainda alega que apesar da “situação adversa”, o prefeito apresentou sugestões “muito palpáveis para melhorar a estrutura das escolinhas esportivas apoiadas pela Prefeitura, implementando mecanismos legais para a cessão de material esportivo, logística e pessoal”.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Esporte
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos