Após reunião, governo agiliza publicação de licitação para plano de saúde

A prefeitura confirmou, informalmente, que conseguiu os três orçamentos para abrir o processo licitatório, sendo São Francisco, HB e G2C, administradora do Plano Unimed Paulista

Com lei aprovada desde o primeiro semestre de 2017, somente agora a prefeitura de Guaíra confirmou a publicação do edital de licitação para a escolha do novo plano de saúde dos servidores públicos municipais que, a partir do resultado do pregão, ficará sob responsabilidade do Executivo.

“O Extrato de aviso de licitação do Plano Médico para os servidores Públicos será publicado no Diário Oficial na data de 10 de novembro de 2017, sendo disponibilizado o Edital a partir de 13 de novembro”, informou a administração na tarde desta sexta-feira (10).

Após reunião com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais e alguns funcionários, ocorrida na tarde desta quarta-feira (08), o prefeito José Eduardo confirmou que sua gestão está buscando solucionar os principais pontos para contratar a empresa de convênio médico sob as exigências do Tribunal de Contas do Estado. De acordo com ele, o repasse do valor do plano feito atualmente ao SindServ é irregular e pode ser apontado pelo TC caso não seja regulamentado.

Entretanto, com a licitação em andamento, diversos servidores temem ficar sem os benefícios conquistados na Unimed. Assim, eles pediram ao prefeito para que tentasse incluir a empresa no processo licitatório com a esperança de não trocar de convênio.

Apesar de o presidente do Sindicato dos Servidores, Rodrigo Borghetti, negar a participação da Unimed no pregão, a prefeitura confirmou informalmente que conseguiu, nesta última semana, os três orçamentos das firmas São Francisco, HB e G2C, sendo a última a administradora do Plano Unimed Paulista.

Enquanto não é feita a escolha, os funcionários fizeram um “acordo” com o sindicato e terão a Unimed por mais 90 dias, mas, com um reajuste exorbitante. Para a atual gestão, se a licitação transcorrer normalmente sem impugnação, recursos e outros por menores, a previsão é que o resultado saia no mês de dezembro. “Caso ocorra algum entrave jurídico a data é indefinida”, completa o Executivo.

“As regras de Plano de Saúde é de acordo com a Legislação Federal e fiscalizada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e o município de Guaíra fará a licitação de acordo com normas da ANS”, acrescenta.

INSATISFEITOS

O presidente e o advogado do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Guaíra saíram um pouco descontentes da reunião com o prefeito. Eles acreditam que retirar o convênio da Unimed dos funcionários será um retrocesso, já que eles conquistaram, ao longo do tempo, diversos benefícios dentro do plano.

Muitos trabalhadores confirmam que, caso o processo licitatório escolha outra empresa que não a Unimed, eles não continuarão aderindo ao benefício, o que pode, futuramente, ocasionar o encerramento do plano de saúde no setor público de Guaíra.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *