Seg - 20/08
31º 18º 13:29
Guaíra - SP

Área Azul ainda não tem previsão para ser implantada no centro da cidade

O projeto está em fase de licitação e pode ser colocado em prática em 2018

Cidade
Guaíra, 14 de Fevereiro de 2018 - 10h07

O projeto da Área Azul no centro da cidade ainda não tem previsão para ser concretizado. O vereador José Mendonça lembrou, durante a última sessão ordinária da Câmara, da necessidade do estacionamento rotativo e cobrou o governo por mais agilidade.

“A população tem me cobrado muito sobre a Zona Azul, que foi uma indicação minha e que se tornou projeto de lei na época do então prefeito José Carlos Augusto que fez o projeto, foi mandado para o Legislativo e foi aprovado. A comunidade está cobrando, assim também como o comércio guairense. Precisamos que seja implantado o mais rápido possível”, proferiu.

Ao questionar a prefeitura, o governo municipal informou que a iniciativa ainda não foi colocada em prática porque a secretaria de Infraestrutura, Engenharia e Obras está licitando empresas para a compra de equipamentos, como uniformes, relógio, comunicador móvel, sinalização horizontal e vertical, material gráfico e de escritório.

COMO IRÁ FUNCIONAR

Conforme explicações do Departamento de Trânsito, os horários de funcionamento da Área Azul serão: das 09h às 18h nos dias úteis e das 09h às 13h aos sábados. O governo ainda ressalta que será permitida a tolerância de 10 minutos, tanto para paradas rápidas, como para com o prazo expirado.

A área de estacionamento rotativo abrangerá o quadrilátero da Rua 8 à Rua 12 entre as Avenidas 15 e 9. Apenas nas Avenidas 11 e 13 a Zona Azul se estenderá até a Rua 14.

Será obrigatória a utilização do ticket de estacionamento, que poderá ser de uma ou duas horas, devendo, após esse período, ser efetuada a troca do mesmo ou deixar preenchido o número de comprovantes suficientes para o tempo estacionado.

“O veículo que exceder o tempo de limite estabelecido no ticket de estacionamento, sem efetuar a troca, ou que não pagar o preço público, ou fixar o referido comprovante, está sujeito às sanções previstas no Código de Trânsito Brasileiro: Art. 181 XVII – Estacionar em desacordo com as condições regulamentadas especificamente pela sinalização”, explica o setor. As motocicletas, quando estacionadas em faixas próprias e exclusivas para este fim, estarão isentas do pagamento do preço público.

Segundo a pasta, foi estabelecido o preço público no valor de R$ 2,00 para o estacionamento durante uma hora e R$ 3,00 por duas horas, cobrado por 30 jovens atendidos pela Sogube/Guarda Mirim. A ACIG (Associação Comercial e Industrial de Guaíra) também faz parte do projeto e apoia a prefeitura no recrutamento de estabelecimentos que comercializarão os tickets da Zona Azul.

“O idoso, com a idade igual ou superior a 60 anos, ou pessoas com deficiência, portadores de cartão de qualificação de veículo e condutor (o qual será concedido pelo Departamento Municipal de Trânsito mediante apresentação de documentos comprobatórios), poderão se beneficiar do direito de estacionar na vaga a eles destinada e devidamente sinalizada, de forma gratuita e sem ônus,”, destaca.

Os bilhetes de estacionamento serão disponibilizado em estabelecimentos comerciais, denominados postos de revenda e identificados com banner ou placa, fornecidos pelo Departamento de Trânsito.

 


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos