Dom - 22/07
29º 15º 01:44
Guaíra - SP

Barretenses também aderem movimento e querem reduzir remuneração de vereadores

Geral
Guaíra, 4 de agosto de 2015 - 15h24

Iniciativa precisa da participação de 4 mil eleitores para ser encaminhada à Câmara de Barretos

 

Após São Joaquim da Barra divulgar sua campanha para reduzir o salário dos políticos do município, um movimento na área central de Barretos está coletando assinatura para apresentação de projeto popular que reduz os vencimentos dos vereadores de R$ 6.484,30 para R$ 970.  A iniciativa coordenada pelo Comitê de Defesa da Cidadania depende de 4 mil assinaturas para que o documento seja encaminhado à Câmara. Segundo o organizador, Nilton Vieira, a receptividade foi boa e em duas horas foram coletadas mais de 200 assinaturas. “Precisamos de apoio de 5% do eleitorado   e o Comitê foi criado para que não seja um movimento partidário”, disse.
Uma banca com faixas informando salário de vereadores, secretários, prefeito e vice foi colocada para chamar atenção dos munícipes a participarem do movimento popular.  “Depois de atingir a meta vamos entregar o abaixo-assinado ao presidente da Câmara André Rezek para que seja feita abertura de processo de iniciativa popular que é o projeto de lei para redução dos salários dos vereadores”, acrescentou o organizador.

Para a barretense Sílvia Cristina Malpeli, a redução é necessária. “Barretos precisa de muitas coisas em todas as áreas, os vereadores ganham um absurdo e quando precisamos deles nunca encontramos”, disse. “Devem ganhar um salário que não precisa ser de R$ 900, mas compatível com o que fazem”, acrescentou.

Para Jeová Andrade os parlamentares não fazem muito pela cidade. “O que os munícipes estão vendo talvez eles não estejam”, ressaltou. As assinaturas poderão ser coletadas durante toda a semana das  9 às 14 horas no calçadão da Rua 20, em frente a ACIB.

Fonte: ODiárioOnline


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos