Dom - 22/07
29º 15º 23:23
Guaíra - SP

Buracos pelas ruas da cidade preocupam os munícipes

Geral
Guaíra, 17 de Janeiro de 2016 - 17h58

Sérgio de Mello já gastou R$2,5 milhões em reparos asfálticos desde o início de sua gestão. Agora, anuncia contratação de empresa de mais de R$300 mil

 

Buracos estão tão grandes na Avenida José Garcia Junqueira, que um deles está com dois cavaletes para evitar que acidentes aconteçam.

Buracos estão tão grandes na Avenida José Garcia Junqueira, que um deles está com dois cavaletes para evitar que acidentes aconteçam.

 

 

Apesar das chuvas, não é de hoje que o asfalto de Guaíra está causando problemas no cotidiano dos guairenses. Com as chuvas intensas deste mês, a situação piorou e por onde se anda pela cidade encontra-se grandes deteriorações nas vias.

Após grandes reclamações e matéria veiculada no jornal O Guaíra, a prefeitura anunciou que irá contratar a empresa Mattaraia Engenharia Indústria e Comércio para a execução de 13.886,81 metros quadrados de recapeamento asfáltico para recuperação das principais ruas que se encontram em situações críticas, pelo valor R$ 367.967,03.

“A atual administração também autorizou a compra de massa asfáltica no valor de R$ 80 Mil Reais para Operação Tapa Buracos, que terá os serviços iniciados assim que as chuvas passarem, bem como o recapeamento”, afirma nota da assessoria de comunicação do prefeito.

A prefeitura alegou que está desde o início de 2013 promovendo obras de recuperação de ruas e avenidas, além dos serviços de tapa buraco. Porém, apesar do gasto de R$ 2,5 milhões em manutenção de pavimento, somando os anos de 2013, 2014 e 2015, o problema ainda persiste, pois são vários pontos em que os buracos reaparecem.

Ainda em fevereiro do ano passado, o prefeito Sérgio de Mello e o vice-prefeito Denir Ferreira dos Santos (na época também Chefe da Zeladoria), autorizaram a licitação de mais de 1.000 toneladas de massa asfáltica (mais de 170 caminhões) para operações de tapa-buracos.  “A meta é virar o ano sem nenhum buraco”, declarou Denir, em março de 2015.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos