Causa animal ganha força com aprovação de projeto na Câmara

O projeto, resultado de uma indicação da vereadora Dra. Bia Junqueira e que cria o Conselho Municipal de Defesa e Proteção dos Animais, foi aprovado por unanimidade. Presença de protetores e pronunciamentos de apoio de vereadores marcaram a votação

A Câmara Municipal aprovou na noite da última terça-feira (07), por unanimidade, o projeto de lei número 28/2017, de autoria do Poder Executivo, que cria o Conselho Municipal de Promoção e Defesa dos Animais e o Fundo Municipal de Proteção à Vida Animal.

O projeto é fruto de uma indicação de autoria da vereadora Dra. Ana Beatriz Coscrato Junqueira e surgiu após reunião entre a parlamentar, o prefeito José Eduardo Cocrato Lelis e integrantes da Associação dos Amigos dos Animais de Guaíra.

A sessão contou com a presença de protetores e integrantes da AAAG, que acompanharam a votação do documento, na esperança de obter mecanismos para o desenvolvimento em conjunto entre poder público e comunidade na causa animal.

Na defesa da nova lei, a Dra. Bia destacou que o conselho será um órgão consultivo e servirá para orientar as ações do governo. “Faz muito tempo que estamos nesta luta pela criação deste grupo, que vem desde a gestão passada”, disse.

A nova legislação também criou o Fundo, que servirá para receber recursos, tanto da iniciativa privada como do setor público, para as ações que deverão ser desenvolvidas em Guaíra. “Este fundo será gerido tanto pelo poder público como pelos integrantes do conselho. Então, a partir de sua criação, teremos mais recursos para serem investidos”, completou.

Dr. Cecílio José Prates enalteceu o trabalho em defesa dos animais da cidade realizado por voluntários e explicou que, com esta lei, estas pessoas poderão ser auxiliadas no desenvolvimento de suas atividades. “Quero pedir para estes voluntário não pararem de lutar por esta causa, que é muito justa”, acrescentou.

O vereador José Reginaldo Moretti fez críticas aos cidadãos que maltratam animais. “Existe uma grande quantidade de maus tratos. Recentemente fiquei sabendo que um cavalo morreu de fome. Este projeto irá auxiliar para que isto não aconteça mais. Estas pessoas que maltratam os bichos devem ir para a cadeia”, ressaltou.

Maria Adriana de Oliveira Gomes apontou que o conselho e o fundo vão unir sociedade civil e poder público. “Espero que as pessoas doem para este fundo. Quero parabenizar os integrantes da AAAG, os protetores e protetoras que cuidam com muita dificuldade. Nós temos que unir forças, porque o animal não é um ser humano, mas é um ser vivo importante”, contou.

O parlamentar Danilo Barbosa exaltou o trabalho da Associação Amigos dos Animais de Guaíra e parabenizou a indicação da vereadora Elynês Antonelli, que solicitou que a prefeitura promova melhorias no canil municipal para que se torne um centro de atendimento. “Desde já me coloco a disposição tanto do conselho quanto da associação”, frisou.

Caio César Augusto elogiou o projeto de lei em discussão no Legislativo. “Este documento é importante, pois sei que este conselho irá funcionar. Estas pessoas já realizam um grande trabalho em nossa cidade. Eu quero dizer que todos nós ficamos sensibilizados quando falamos de animais. Nós sabemos reclamar, os animais não. O conselho irá auxiliar diretamente no combate aos maus tratos, pois você tem o direito de não gostar, mas não de maltratar”, articulou.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *