Ter - 21/08
31º 18º 01:04
Guaíra - SP

CDHU vai construir 232 casas em Guaíra

Geral
Guaíra, 2 de julho de 2016 - 08h00

Município celebra convênio com o Governo do Estado para receber investimento. É preciso essencialmente que haja desativação das lagoas de tratamento de esgoto próximas ao futuro novo bairro para a entrega das residências

O deputado Engler, os vereadores José Natal e Bia Junqueira e o ex-vice-prefeito Edvaldo Morais, trabalharam para a liberação das 232 casas

O deputado Engler, os vereadores José Natal e Bia Junqueira e o ex-vice-prefeito Edvaldo Morais, trabalharam para a liberação das 232 casas

 

O Governo do Estado de São Paulo vai construir 232 casas em Guaíra. Convênio assinado na tarde da última quarta-feira (29), na capital, garante as moradias, que serão licitadas e administradas pela CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), em terreno cedido pela prefeitura. O investimento estimado em Guaíra é de mais de R$ 23 milhões.

O Governo do Estado ainda vai reembolsar o município com repasse de R$ 2 mil por cada unidade – para até 200 unidades – a ser erguida, como forma de compensação pela compra da área que vai abrigar o novo conjunto habitacional. O reembolso à prefeitura será de R$ 400 mil.

O deputado estadual Roberto Engler (PSDB) trabalhou pela liberação das casas populares em parceria com lideranças locais, em especial os vereadores do PSDB, Bia Junqueira e José Natal Pereira e o ex-vice-prefeito Edvaldo Morais.

“É uma grande vitória e mais uma demonstração do apoio que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) tem oferecido aos municípios. Sabemos que há uma longa espera por moradias populares em Guaíra, já que há muito tempo não se constrói casas na cidade e isso valoriza ainda mais a conquista”, afirmou Roberto Engler.

No total, o Governo de São Paulo está dando a largada para a construção de quase 25 mil moradias, em 235 conjuntos habitacionais localizados em 202 municípios de todas as regiões do estado, com investimento superior a R$ 2,5 bilhões.

“É um duplo benefício para a população dos nossos municípios. Primeiro, moradia. Casa para quem precisa sair do aluguel. Segundo é o emprego. A construção civil gera muito emprego. Para cada R$ 1 milhão investido, são 14 empregos diretos, fora os indiretos”, disse o governador Geraldo Alckmin.

Os modelos variam entre casas térreas, sobrados ou apartamentos, com alta qualidade. São moradias com dois ou três dormitórios, sala, piso cerâmico, cozinha e banheiro com azulejos, área de lazer e infraestrutura completa no conjunto residencial.

Porém, algumas adequações nas redondezas do conjunto habitacional devem ser realizadas pelo município até que as casas estejam prontas. É preciso essencialmente que haja a desativação das lagoas de tratamento de esgoto próximas ao futuro novo bairro.

A construção das casas pode ser iniciada sem que essas obras sejam executadas. No entanto, a entrega das unidades habitacionais à população não poderá ser realizada sem que o problema esteja resolvido.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos