Ter - 23/10
31º 20º 10:04
Guaíra - SP

Centro Esportivo Vicente Lacativa oferece riscos às crianças neste mês de férias

Geral
Guaíra, 17 de julho de 2016 - 08h09

Adolescentes estão utilizando o campo para as brincadeiras de férias. Porém, vestiário é ponto frequente de uso de drogas e prostituição

Nestes mês de férias, os adolescentes utilizam as quadras e campos para jogarem bola, empinarem pipas, entre outras diversões. Porém, o campo do Centro Esportivo Vicente Lacativa está deixando o pais preocupados, já que o vestiário, que se encontra no local, é ponto de intenso uso de drogas e até mesmo prostituição.

Uma mãe, que não quis se identificar com medo de que algo aconteça, chegou a retratar várias imagens da entrada e saída frequente de usuários de entorpecentes e mulheres, sempre com um ou dois homens. “O lugar está servindo para as pessoas se prostituírem e se encherem de drogas. Temos várias crianças no bairro, que usam o campo pra brincarem de bola ou soltar pipa. Mas não está tendo condições”, lamentou a guairense.

De acordo com a munícipe, estes indivíduos praticam atos ilícitos durante o dia. “Não respeitam nem as crianças. E vemos gente entrando lá de todas as idades. Às vezes até menores. Eles se prostituem e não estão ligando se tem gente olhando ou se há crianças brincando. Está assustador”, denunciou.

O lugar se encontra deplorável, com muito lixo espalhado dentro dos dois antigos sanitários. Há todos os tipos de resíduos: restos de construção e de equipamentos usados para consumo de drogas, objetos queimados, colchões, roupas rasgadas, além de um odor insuportável.

“Infelizmente a prefeitura não faz nada. No ano passado fizemos uma séria denúncia desse local, e de outros também, mas o governo não fez nada”, destacou a mãe.

Em outubro de 2015, o Jornal o Guaíra denunciou o estado de abandono em que se encontram as quadras poliesportivas do Bairro Cohab I e o Centro Esportivo Vicente Lacativa.

Na última sexta-feira 15, a reportagem procurou o chefe do Departamento de Obras e Infraestrutura, José Eduardo Mieli, para questionar sobre as providências da atual gestão quanto ao local.

Segundo Miele, este é um problema muito antigo, já que o Centro Esportivo está abandonado há anos, mas que o prefeito Sérgio de Mello pretende utilizar este vestiário para se transformar em um escritório do canteiro de obras das futuras casas prometidas, que ali serão construídas futuramente.

José Eduardo disse que no momento não há o que fazer, a não ser aumentar a fiscalização por parte da Guarda Civil Municipal e Polícia. Ao ser indagado sobre uma possível interdição, o chefe do setor ressaltou que não adianta, já que estes indivíduos acabam quebrando as barreiras para retornarem ao local.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos