Concurso do IBGE selecionará profissionais de todas as escolaridades

Os interessados devem se cadastrar acessando o site da Fundação Getúlio Vargas (FGV). As taxas custam de R$ 22 a R$ 39,50

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mantém abertas até 23 de maio as inscrições para 24.984 das 26.023 vagas oferecidas no concurso que selecionará profissionais de todas as escolaridades para atuação no Censo Agropecuário 2017.

Os interessados devem se cadastrar acessando o site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), no endereço: www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/ibge-pss. As taxas custam de R$ 22 a R$ 39,50.

Foram divulgados dois editais. O primeiro, com um total de 1.039 postos, teve o prazo para registro de candidaturas encerrado em 9 de maio. As demais oportunidades fazem parte do segundo edital. Do total de chances em disputa no concurso do IBGE, 5% são reservadas a pessoas com deficiência e 20% a candidatos negros.

Vagas do segundo edital

Os postos de nível fundamental são para recenseador (18.845), que terá remuneração por produção, calculada por setor censitário, conforme o número de estabelecimentos agropecuários recenseados.

Em nível médio há ofertas no concurso do IBGE para agente censitário municipal (1.272), que paga R$ 1.900, e agente censitário supervisor (4.867), com vencimentos de R$ 1.600.

Além do salário, o processo seletivo oferece como benefícios: auxílio-alimentação e auxílio-transporte, exceto para recenseador.

Segundo os editais do concurso, a previsão de duração do contrato é de até 13 meses para a função de analista censitário; dez meses para agente censitário administrativo; nove meses para agente censitário regional; sete meses para agente censitário de informática; sete meses para agente censitário municipal e agente censitário supervisor; e cinco meses para recenseador.

As operações começam em 1º de outubro de 2017. De acordo com a assessoria de imprensa do IBGE, os recenseadores irão visitar mais de 5 milhões de estabelecimentos agropecuários em todo o país, levantando informações sobre a área, a produção, as características do pessoal ocupado, o emprego de irrigação, o uso de agrotóxicos e a agricultura familiar, entre outros temas.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *