Qui - 20/09
28º 19º 15:32
Guaíra - SP

Conselheiros regionais que compõe o Consea-SP são eleitos para o biênio 2017-2019

Entre eles, uma guairense, Cinira Regina da Silva Penasforte, representando a região de Barretos

Agora
Guaíra, 2 de dezembro de 2017 - 11h12

Foram empossados na manhã da última quarta-feira (29), os conselheiros das 16 Comissões Regionais de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (CRSANS), das 8 por entidades da Sociedade Civil e dos 12 órgãos do Poder Público vinculados ao Conselho Estadual de Segurança Alimentar Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (Consea-SP), órgão consultivo do Governo do Estado de São Paulo, para a condução dos trabalhos no biênio 2017-2019.

Os conselheiros são escolhidos através de processo eleitoral. São eleitos um Conselheiro Titular e um Suplente. Entre eles, uma guairense, Cinira Regina da Silva Penasforte, representando a região de Barretos, com sua suplente, Adriana Borges de Queiroz.

O objetivo das comissões, é executar atividades relacionadas à Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável, descentralizando a discussão sobre o tema para melhor conhecimento da realidade regional, a fim de elaborar propostas de forma participativa e respeitando a peculiaridade local.

De acordo com o secretário Executivo do Consea-SP, José Valverde Machado Filho, a função dos conselheiros é assessorar a criação de políticas públicas sobre a segurança alimentar, debatendo regionalmente as necessidades de cada município que sua comissão representa. “Essa contribuição auxilia o Estado a intensificar as ações das regionais, mobilizando os municípios e a Sociedade Civil, buscando incrementar a pauta para melhorar a qualidade de vida da população, por meio da correta alimentação”, observou Valverde.

O secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, ressaltou a importância de intensificar o debate sobre Segurança Alimentar e Nutrição no Estado de São Paulo. “Reunir representantes da sociedade civil com funcionários da nossa Secretaria abre o diálogo para criarmos meios para promover a segurança dos alimentos”, disse.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Agora
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos