Qui - 18/10
31º 21º 13:31
Guaíra - SP

Considerada modelo na região, Zoonoses de Guaíra recebe visita de São Joaquim da Barra

Geral
Guaíra, 26 de Abril de 2017 - 07h42

Os técnicos joaquinenses relataram que a cidade enfrenta problemas com um abrigo implantado há três anos, com superpopulação de animais e mais abandono nas ruas

Nesta segunda-feira (24), o Departamento de Zoonoses de Guaíra, considerado repartição exemplo do segmento na região, recebeu a visita técnica do Chefe da Vigilância em Saúde, Márcio e o veterinário Bruno, da prefeitura de São Joaquim da Barra.

Os profissionais, que foram recepcionados pelo Chefe do Departamento de Vigilância em Saúde de Guaíra, Maurício Alves da Silva e a chefe do Meio Ambiente e Bem Estar Animal, Lessiana Mara Marques Freitas, procuraram o município guairense para buscar informações sobre como alcançar a funcionalidade diante das diversas mudanças na legislação atual, atinente a esta seção da saúde pública.

Os técnicos relataram que São Joaquim da Barra enfrenta problemas com um abrigo implantado há três anos, com superpopulação de animais e mais abandono nas ruas. “Inicialmente uma ONG tomou frente e solicitou o local à prefeitura e hoje não mais quer tomar conta do abrigo e entregou o local para o município”, informaram os joaquinenses.

Com estas ocorrências, a cidade enviou-os a Guaíra para troca de informações e ideias na tentativa de solucionar a situação.

“O cuidado com os animais é, em primeira instância, responsabilidade do proprietário ou cuidador. Maus tratos e agressões contra animais, domésticos ou silvestres são considerados crimes mediante a legislação, que geram sanções aos infratores”, explica Lessiana.

“Quando se depararem com a condição de maus tratos e abandono, os cidadãos podem entrar em contato com a GCM pelo 199 ou com o Departamento de Zoonoses pelo 3330-2801, para que ocorra a fiscalização e tomadas as medidas pertinentes ao caso”, informa a chefe à população guairense.

Vale ressaltar que cada munícipe tem direitos e deveres e um deles é responsabilidade com seu animal de estimação. “Por isso, hoje fazemos fiscalização e notificações a proprietários que cometem qualquer crime ou qualquer irresponsabilidade contra nossos amigos de pelos”, finalizou a profissional.

 


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos