Seg - 19/11
24º 21º 22:08
Guaíra - SP

DEAGUA prossegue com o trabalho de dedetização na rede de esgoto

De acordo com a autarquia, durante a dedetização, é recomendado que ralos, pia da cozinha, enfim, todo acesso à rede de esgoto, sejam tampados

Cidade
Guaíra, 14 de julho de 2018 - 07h34

 

 

 

 

 

 

 

O Departamento de Esgoto e Água de Guaíra continua com o Programa de Controle de Pragas, com a dedetização na rede de esgoto durante este sábado (14), e fará os bairros: Muraishi I e II; Nobre Ville I e I; Portal do Ipê; Res. Dona Ira; Morada do Sol; Distrito Industrial II; Reynaldo Stein e Bom Jesus.

A nebulização ocorre com o intuito de combater escorpiões, que têm surgido frequentemente dentro das residências dos guairenses. Até o momento, a autarquia já fez a aplicação em todos os bairros da região do Aniceto, Califórnia, Taís I e II, na Vila Aparecida, Cohab I, João Vaccaro, Palmares, Eldorado, entre outros.

São no total 1523 postos de visita. Cabe lembrar que o veneno é aplicado na parede do poço, e não no efluente doméstico. A ação é feita com um inseticida que, em forma de fumaça, atinge toda a canalização de esgoto, alcançando bom resultado mesmo nos locais menos acessíveis. O efeito é imediato e o veneno não provoca danos à saúde dos moradores nem animais de estimação.

De acordo com o diretor do DEAGUA, Lucas Froner, durante a dedetização, é recomendado que ralos, pia da cozinha, enfim, todo acesso à rede de esgoto, sejam tampados para evitar que os insetos fujam para o interior das casas. “O veneno não tem característica desalojante, não é de fazer com que os insetos saiam, porém, pode ocorrer que, uma vez aplicado em todos os postos de visita, o inseto em si vai buscar a rede no sentido das casas”, explica.

Lucas ainda apresenta algumas recomendações. “Os munícipes podem colocar redes e telinhas nos ralos, ou comprar aqueles que abrem e fecham; até mesmo aplicar inseticida na residência através das empresas especializadas que temos em Guaíra. Também pedimos para que façam a limpeza de terrenos e mantenham os quintais livres de materiais que sirvam de criadouros para baratas e escorpiões”, afirma.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos