Qua - 26/09
35º 23º 10:19
Guaíra - SP

Bola pra frente!

Editorial
Guaíra, 10 de julho de 2018 - 09h35

 

 

 

 

Com a eliminação do Brasil na Copa do Mundo, na Rússia, algumas pessoas ficaram tristes e outras nem tanto! Esse sentimento é muito de foro particular, íntimo!

Não se pode generalizar, mas o sentimento de perder uma partida de futebol não é maior do que perder a nossa autonomia econômica.

Também não é possível colocar na conta da seleção brasileira toda a amargura que estamos passando há 12 anos. Não são os atletas que fizeram o desvio de milhões de reais para os seus próprios bolsos e nem são eles que corromperam o país desviando verbas da Saúde, da Educação, da segurança Pública! Se os atletas têm alguma mordomia – que nem de longe um simples mortal como nós conseguiria alcançar – foi obtida com qualificação própria, porque jogam bem, porque tiveram sorte, porque estão jogando em outro país, enfim, porque se especializaram no futebol e não roubaram nada de ninguém.

Estamos, e aí sim é um sentimento quase que unânime, desencantados é com a classe política, com aqueles que fazem as leis e cuidam do dinheiro público, porque o Brasil foi vilipendiado pela classe política.

Mas estes jogos serviram para aproximar os amigos e os parentes, que invariavelmente se reuniram na casa dos parceiros para assistir às partidas, sempre regadas de uma boa comida e boas conversas. O “verde e amarelo” tomou conta do nosso país. Quem sabe se as crianças que vestiram a camiseta desta cor tenham se conscientizado que o Brasil é muito maior do que um campeonato de futebol e que um espírito de patriotismo tenha – realmente – aparecido nestes jovenzinhos, que são o futuro da nação.

Que este patriotismo se estenda aos adultos até Outubro quando escolheremos um time que, mais do que levantar uma taça, poderá erguer um país!


TAGS:

LEIA TAMBÉM
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos