Sex - 21/09
30º 18º 20:38
Guaíra - SP

Falta ética!!!

Editorial
Guaíra, 11 de Março de 2018 - 11h42

Cecília Meireles faz o seguinte conceito de liberdade: “… Liberdade, essa palavra que o sonho humano alimenta, que não há ninguém que explique e ninguém que não entenda…”

Nos atrevemos a parafrasear a poetisa e afirmar que “… Ética, essa palavra que o sonho humano alimenta, que não há ninguém que explique e ninguém que não entenda…”

Há várias pessoas que não se importam com a ética, apenas se preocupam consigo mesmas e, em uma forma de conquistar algo, neste processo, muitas passam por cima de uma boa conduta. Mostram a sua falta de educação e o seu despreparo para ocupar um cargo público.

A falta de ética se revela nas mínimas coisas, desde as mentirinhas ditas em casa aos pais, a cola na escola ou nos concursos, a tentativa de suborno de agentes da polícia quando alguém é surpreendido numa infração de trânsito, desviar dinheiros públicos, beneficiar-se de cargos, enganar nos preços, jogar lixo na calçada e até em fazer pipi na rua.

Por aqui estamos assistindo uma falta de ética escancarada!

Denigre-se a imagem quem se posiciona à sua frente. Acontece que a maioria dessas pessoas sem um mínimo de ética, têm, sim, uma inclinação natural para a fofoca, para a inveja, para um suposto complexo de inferioridade, para a maledicências e o oportunismo e se escondem no coitadismo cultural quando pegas com a mão na massa.

Estão sempre prontos a culpar o sistema, a História, Deus, os marcianos, a mula-sem-cabeça, pelos seus erros. Sempre alguém ou alguma coisa é a verdadeira culpada, menos eles mesmos.

Leonardo Boff ensina para estas pessoas que “o país, sob qualquer ângulo que o considerarmos, é contaminado por uma espantosa falta de ética. O bem é só bom quando é um bem para mim e para os outros; não é um valor buscado e vivido por si mesmo; mas o que predomina é a esperteza, o dar-se bem, o ser espertinho, o jeitinho e a lei de Gerson”.


TAGS:

LEIA TAMBÉM
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos