Sex - 21/09
30º 18º 20:32
Guaíra - SP

Que coisa feia!!!

Editorial
Guaíra, 8 de Março de 2018 - 09h58

Quando nós enfrentamos uma fila, dentro de uma escola, para votar, já temos em mente o perfil do nosso candidato, o seu número e uma grande confiança de que ele, se eleito, vai nos representar muito bem perante os problemas da cidade.

A sessão desta última terça-feira mostrou que um vereador em questão – aquele mesmo que está sempre envolvido em polêmicas – apresenta um posicionamento destemperado e extremamente deselegante!

Não é para desafogar as pendengas e mágoas individuais que a tribuna da Câmara de vereadores foi criada. As desavenças particulares não podem ser levadas em sessão plenária e um parlamentar não deve “lavar suas roupas sujas” – de origem privada – tão publicamente. Existe uma cláusula que se chama “ética parlamentar” que rege a conduta da autoridade, principalmente quando a mesma estiver diante dos microfones.

Não foi isso que aconteceu na última sessão.  Palavras de baixo calão como: “incompetente, animal, safado, irresponsável” foram proferidas pelo líder do prefeito no Legislativo, direcionadas ao provedor da Santa Casa. Arrematou lançando um conceito de que o provedor “não gosta de pobres”!

Muito sérias todas estas acusações!

O pivô de tanta ira foi o fato de Jonas Lelis ter “cobrado”, por ocasião da reunião na Santa Casa, quando abordou o nome do parlamentar reivindicando o valor de R$ 100 mil reais que teriam “desaparecido” dos cofres da última Festa do peão.

Enfim, misturaram “alhos com bugalhos”. Um cobrou e o outro respondeu, cada um de acordo com a sua estrutura e sua educação.

Com certeza tudo isso não vai acabar de forma pacífica e tranquila. Uma pena!!!


TAGS:

LEIA TAMBÉM
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos