Dom - 19/08
29º 16º 20:51
Guaíra - SP

Espetáculo infantil será realizado em Guaíra dia 10 de setembro

Cidade
Guaíra, 26 de agosto de 2015 - 12h43
Foto reprodução

Foto reprodução

 

A peça “Os Três Porquinhos e o Lobo Trapalhão” tem abordagem lúdica e bem-humorada. As apresentações ocorrerão na Casa de Cultura em diferentes horários

 

No próximo dia 10 de setembro, as crianças e adultos irão se divertir com a fábula infantil “Os Três Porquinhos e o Lobo Trapalhão”, uma comédia musical do paulistano Rony Guilherme, que vem encantando o público desde sua estreia em fevereiro de 1991 na capital paulista.

O espetáculo será apresentado às 10h, 14h e 20h, na Casa de Cultura de Guaíra, com os ingressos a R$20,00 (inteiro), R$15,00 (antecipado) e R$10,00 (meia entrada).

Os munícipes poderão aproveitar a fábula, que é famosa por transmitir mensagens de união, amizade e solidariedade com cooperação de um jeito muito divertido, oferecida pela Mídia Produções e Artísticas, uma empresa que atua há mais de 25 anos no mercado do entretenimento, promovendo grandes espetáculos como “O Mágico de Oz” da Broadway, “A Arte do Insulto” com Rafinha Bastos, “Dona Doida” com Fernanda Montenegro, entre outras.

A peça exibe três irmãos, dois porquinhos e uma porquinha, que descobrem nas atitudes sustentáveis uma forte aliada para sua sobrevivência e para se protegerem do lobo mau, que não é tão mau assim. Trata-se de um lobo guará, sertanejo e trapalhão, que está na cidade grande em busca de comida, já que teve a mata onde morava totalmente destruída. E para capturar os três porquinhos ele se envolverá em situações engraçadíssimas.

O espetáculo já é conhecido nacionalmente por oferecer ótima função pedagógica e fazer com que cada espectador mirim se sinta integrante e agente capaz de opinar, torcer e aprender com os personagens e junto descobrir atitudes simples para a preservação do meio ambiente, acreditando que sua participação mudou o rumo da história e pode fazer a diferença como cidadão.

Segundo Rony Guilherme, é importante incorporar a arte nos processos de aprendizagem. “Trabalhar neste projeto é acreditar que a arte pode ser transformadora e capaz de auxiliar de maneira bela e poderosa, os processos de ensino aprendizagem como um todo. Dizer isso significa dar sentido ao projeto teatro-escola, dar significação a este processo, cuidar de suas minúcias, incorporar estudo ao lazer, transformar magia em prática de conhecimento, teatro em atividade de estudo”, afirma Rony.

O elenco do espetáculo, com duração de 55 minutos, é composto por Cristian Cortes, Enrique Nazareth, Jonas Garcia, Suzan Del Rey, que encenam uma obra de Joseph Jacobs, adaptada e dirigida por Rony Guilherme.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos