Ter - 24/04
29º 17º 13:13
Guaíra - SP

GAECO afasta prefeito e prende vereador e secretários de Morro Agudo

O Chefe do Executivo da cidade, Gilberto Barbeti, foi afastado do cargo pela Justiça por 90 dias

Política
Guaíra, 12 de Abril de 2018 - 10h57

O GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) deflagrou a Operação Eminência Parda no município de Morro Agudo, na manhã de hoje (11), cumprindo seis mandados de prisão temporária e 18 de busca e apreensão, em uma investigação sobre possível esquema de fraudes em licitações.

O prefeito da cidade, Gilberto Barbeti (PDT), foi afastado do cargo pela Justiça por 90 dias. O Gaeco informou que o afastamento pode ser prorrogado por igual período.

Já o vereador Elvis Júnior Marques, o Juninho Serralheiro (PT); o secretário de Serviços Urbanos, Transportes e Obras Públicas, João Marcos Ficher; o ex-assessor de Assuntos Urbanos, Tiago Stolarique (marido da atual secretária da Saúde); a chefe do setor de licitações da Prefeitura e a secretária do prefeito estão presos. Todos foram levados para a cadeia de Franca (SP). As prisões são temporárias por cinco dias, prorrogáveis por mais cinco.

A Prefeitura de Morro Agudo também foi alvo da Operação e está lacrada por determinação da Justiça.

Esta é a segunda grande operação do Grupo de Atuação Especial em municípios próximos a Guaíra. Em Miguelópolis, vereadores, secretários e prefeito também foram levados pelos policiais e alguns, como o Chefe do Executivo, continuam presos.

Entretanto, na cidade guairense, apesar de haver investigação sobre um possível esquema irregular com a merenda escolar, desencadeado na gestão passada, não houve ação da polícia até o momento.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Política
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos