Dom - 15/07
30º 15º 22:09
Guaíra - SP

Guaíra conquista mais de R$ 400 mil para saneamento

Verbas, conquistadas através do Comitê de Bacias Hidrográficas do Baixo Pardo/Grande, serão utilizadas para resolver retorno de esgoto no Vivendas, além da troca de canos de amianto por PVC

Cidade
Guaíra, 3 de julho de 2018 - 13h34

 

 

 

 

 

Através de mais uma ação do governador do Estado, Márcio França, Guaíra foi contemplada com recursos para investir no setor de saneamento do município. Por intermédio do Comitê de Bacias Hidrográficas do Baixo Pardo/Grande, serão R$ 154.794,83 para execução da rede coletora-tronco de esgoto na parte baixa da cidade.

Para a obra, o Departamento de Esgoto e Água de Guaíra (DEAGUA) vai entrar com uma contrapartida de R$ 183.949,92 para solucionar um problema de retorno de esgoto, que vem afetando especialmente o bairro Vivendas do Bom Jardim. Com o aumento da bitola da tubulação naquela localidade, o Jardim Eldorado também deve ser beneficiado indiretamente pelo aumento no fluxo do emissário, que é um dos mais antigos da cidade e carreia mais da metade dos dejetos de Guaíra.

Outros R$ 249.759,07 serão empenhados para a troca de antigos dutos de abastecimento de água de cimento amianto por canos de PVC, na avenida José Cavenaghe e tubulações que seguem para os bairros da região do Aniceto. Nesta ação, a autarquia vai arcar com uma contrapartida de R$ 62.439,77, numa obra necessária, por questões de saúde e de custo de manutenção. “As redes de cimento têm mais de 30 anos. São muito suscetíveis a rompimentos e vazamentos. Com o passar dos anos se torna porosa ocasionando em microinfiltrações que geram desperdício lento e silencioso de milhares de litros de água potável”, afirma o chefe do departamento, Lucas Froner.

Somadas, as duas verbas chegam ao montante R$ 404.553,90 (fora as contrapartidas da autarquia), e vem em momento apropriado, quando o DEAGUA necessita de recursos, por estar ressarcindo usuários por força de decisão judicial em que o departamento é obrigado a devolver mais R$ 3 milhões cobrados num reajuste considerado abusivo pela Justiça, ocorrido no governo anterior.

“Os recursos chegam em uma hora que o município tanto precisa, já que o bairro Vivendas enfrenta o problema do retorno do esgoto. Além disso, faremos a troca dos dutos de amianto por canos de PVC em algumas localidades, o que demonstra a progresso do saneamento da cidade. Estamos seguindo em frente com nossos projetos visando sempre o melhor para a comunidade guairense”, encerra o prefeito José Eduardo.

Subsecretaria do Trabalho Artesanal nas Comunidades

O governador Márcio França também assinou, na última quinta-feira (28), convênios com diversos municípios do Estado, dentre eles Guaíra, Barretos, Cajobi, Jaborandi, Severínia, Bebedouro, Colina e Guaraci, que receberão R$ 449.798,00, através da Subsecretaria do Trabalho Artesanal nas Comunidades (Sutaco), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação.

O benefício prevê a cooperação institucional, o intercâmbio de informações e o desenvolvimento de ações que permitam o cadastramento dos artesãos, identificando-os como profissionais, de acordo com as técnicas artesanais locais e as matérias-primas utilizadas. “A parceria vai estimular a produção e a exposição para venda dos produtos artesanais, possibilitando a geração de trabalho e renda, contribuindo, dessa forma, com a economia municipal”, declara o prefeito José Eduardo Lelis.

Desde que assumiu o governo do estado, no dia 6 abril, Márcio França já liberou diversos recursos para a região. “Tive o privilégio de aprender com o saudoso Mário Covas que dinheiro bom é dinheiro na mão de prefeito. A obra sai mais barata, mais rápida e o prefeito emprega gente da cidade”, resumiu o governador.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos