Seg - 22/10
31º 20º 23:01
Guaíra - SP

Guaíra faz solicitações à FDE para compra de furgão e construção de nova escola

Geral
Guaíra, 17 de agosto de 2017 - 10h14

A unidade escolar deve ser erguida em terreno a ser cedido pelo município, no Bairro Aniceto

Em audiência realizada na manhã desta terça-feira (15), o deputado estadual Roberto Engler e a vereadora Dra. Ana Beatriz Coscrato Junqueira apresentaram solicitações à FDE (Fundação para o Desenvolvimento da Educação), órgão da Secretaria Estadual da Educação.

Eles foram recebidos pelo presidente da FDE, João Cury, e pelo assessor Júlio César Forte Ramos. O repasse de um furgão para transporte de merenda escolar e a construção de uma nova escola estadual foram alguns dos temas da reunião.

O primeiro deverá ser autorizado pela Fundação nos próximos meses. O pedido vai ser atendido por meio de uma licitação mais ampla, que envolverá também a aquisição de outros veículos.

Já o processo para a nova escola estadual, iniciado há cerca de três anos, deve ser retomado. A unidade deve ser erguida em terreno a ser cedido pelo município, no Bairro Aniceto Carlos Nogueira.

“Estudos iniciais apontam que há demanda para a construção da nova escola, que atenderia o Aniceto Carlos Nogueira e outros bairros vizinhos, desafogando a Escola Estadual Enoch Garcia Leal. Com isso, um projeto executivo do prédio deve ser realizado, adequando a estrutura a ser erguida ao terreno disponibilizado pelo município”, afirma a vereadora.

Depois disso, com um orçamento em mãos, será a vez de obter a autorização dos recursos estaduais para a obra. “Ainda temos alguma estrada a percorrer, mas o fato de haver a necessidade da obra e a disposição de realização do projeto por parte da FDE pode ser um trunfo para que possamos conseguir os recursos no futuro”, pontua o deputado estadual.

Outra solicitação apresentada durante a audiência trata de autorização para que a Prefeitura de Guaíra ainda possa investir R$ 67 mil referentes a sobra de recursos destinados à mobiliário de creche-escola construída com recursos do Governo do Estado no município.

“A parceria foi encerrada pela gestão municipal anterior com esse crédito, mas a creche ainda tem necessidades adicionais que poderiam ser supridas com o dinheiro”, destaca a Dra. Bia. A FDE vai consultar a Procuradoria Geral do Estado para saber se a autorização para a utilização do dinheiro é possível.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos