Sáb - 23/06
29º 16º 16:41
Guaíra - SP

Guaíra realiza Caminhada Passos que Salvam em 26 de novembro

Geral
Guaíra, 22 de outubro de 2017 - 11h51

O kit da campanha está sendo comercializado a R$ 35 em diversos pontos no município

A Caminhada Passos Que Salvam já tem data marcada para acontecer em Guaíra. NO dia 26 de novembro, a partir das 08h30, participantes sairão da Praça São Sebastião e vão caminhar até a Feira Livre da Avenida José Flores, para conscientizar o município ao combate do câncer infanto-juvenil.

Para participar, interessados já podem comprar o Kit (camiste, boné, sacochila) no valor de R$ 35,00, nos pontos: Academia Impacto, Academia Inove, Academia Flex 360, Academia Colorado fitness, Okubo fitness & Lingerie, Colégio Santa Luz, Bazar 13 e Ótica Central, além de algumas pessoas que integram as equipes de venda junto à coordenação do projeto. Os tamanhos vão do 4 infantil ao XGG.

Neste ano, a Ordem Demolay não está à frente da caminhada, mas sim um grupo de amigos que se uniram para não deixar o projeto acabar na cidade em sua 7° edição. O jovem Maicon Marques, líder da equipe afirma que em 2017, o que liga a causa ao município não é uma organização, “mas sim um sentimento de solidariedade, uma sensibilidade em fazer a diferença”, e espera que este mesmo sentimento esteja presente em todos os guairenses e que os una no combate ao câncer infantil.

“Você já parou para pensar como pequenos atos podem mudar o mundo? E se você tivesse a chance de combater o câncer infanto-juvenil, o que você faria? Que tal começar dando um primeiro passo? Basta participar da caminhada”, afirmam os organizadores.

Passos que Salvam

A caminhada “Passos que Salvam” é uma campanha que surgiu após uma visita ao Hospital St. Jude Children’s Research Hospital, em Memphis, nos Estados Unidos. A instituição americana é hoje um hospital irmão de Barretos. Eles têm índices de cura do câncer infanto-juvenil muito maior que em outros locais do mundo, e isso só é possível, porque investem em campanhas de conscientização da população quanto à importância do diagnóstico precoce. A ideia da caminhada é fazer com que toda a sociedade se una e, no mesmo dia e horário, mobilize a cidade no alerta ao câncer infanto-juvenil.

O movimento começou tímido, em 22 cidades, sendo Guaíra uma delas, mas vem ganhando proporções cada vez maiores. Em 2016 foram cerca de 500 municípios caminhando simultaneamente e uma arrecadação com a venda de kits de R$ 6,5 milhões, que foram destinados para a manutenção do hospital infantil e tratamento dos pacientes.

Porque Ajudar?

Quando são atendidas, muitas crianças e adolescentes com câncer já chegam com a doença em estágio avançado por diversos fatores, como a desinformação dos pais, o medo do diagnóstico e desinformação dos médicos. O diagnóstico precoce do câncer infantil, muitas vezes, é prejudicado pela semelhança dos sinais e sintomas desta patologia com doenças comuns na infância. Por outro lado, os profissionais encontram dificuldades em dar o resultado final, o que atrasa a busca por serviços médicos especializados. Por isso, o conhecimento do pediatra acerca do câncer é determinante para o diagnóstico rápido e seguro.

Existem diferentes sinais pelos quais se pode supor que uma criança sofra de algum tipo câncer, portanto fique atento aos seguintes sintomas: dores de cabeça pela manhã e vômito; caroços no pescoço, nas axilas e na virilha, ínguas que não resolvem; dores nas pernas que não passam e atrapalham as atividades das crianças; manchas arroxeadas na pele, como hematomas ou pintinhas vermelhas; aumento no tamanho da barriga; brilho branco em um ou nos dois olhos quando a criança sai em fotografias com flash.

Se perceber estes sintomas de forma permanente em alguma criança, leve-a a um pediatra e peça os exames, caso aconteça de algum se recusar a fazer o exame por achar que os sintomas possam ser outras doenças normais da infância (o que tem acontecido com grande frequência em todo o Brasil, segundo a coordenadora do projeto do HC de Barretos), procure algum membro da organização da caminhada para solução deste problema.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos