Dom - 22/07
29º 15º 23:19
Guaíra - SP

Guaíra se destaca em matéria do jornal Estadão sobre dengue

Geral
Guaíra, 22 de Janeiro de 2016 - 10h10

Dados do Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo mostram que a cidade registrou 1.973 casos entre outubro e dezembro de 2015

O Jornal O Estado de São Paulo publicou em seu caderno “Metrópole” que uma a cada 10 cidades do interior de SP já está vivendo surto de dengue. No mapa destacado, há 67 municípios que estão acumulando índice epidêmico da doença e entre eles está Guaíra.

Os dados foram retirados do Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo e mostram que a cidade guairense registrou 1.973 casos entre outubro e dezembro de 2015, com taxa de incidência por 100 mil habitantes.

Neste período, Guaíra chega a ultrapassar Ribeirão Preto e São José dos Campos.

A equipe do jornal procurou o diretor de vigilância na tarde de ontem e a resposta, assim que enviada, deverá ser publicada nos próximos dias.

O governo está sendo questionado pela alteração de dados, já que os números repassados durante o ano passado para a imprensa não são os mesmos que o jornal Estadão publicou.

Estatísticas

Estatísticas divulgadas no site do Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual da Saúde mostram que 67 dos 645 municípios do Estado já registram, na temporada iniciada no último trimestre de 2015, taxa de incidência da doença acima de 300 casos por 100 mil habitantes, índice considerado epidêmico.

O levantamento já aponta para a possibilidade de uma nova epidemia de dengue neste ano no Estado, que, em 2015, registrou o pior surto da doença na história, com 649.562 casos confirmados durante todo o ano, mais do que o triplo do relatado no ano anterior. Também houve recorde de mortos por complicações de dengue em território paulista: 454. O número de municípios de São Paulo que alcançaram índice epidêmico, se considerado o acumulado de casos de todo o ano de 2015, também triplicou, passando de 142, em 2014, para 481 no ano passado.

Colaboração: O Estadão



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos