Ter - 17/07
28º 15º 14:42
Guaíra - SP

MM Confecções inaugura novo espaço e amplia opções aos consumidores guairenses

O empresário Antônio Carlos concedeu entrevista ao Jornal O Guaíra e contou um pouco dos detalhes do novo empreendimento, da trajetória da MM e do apoio incondicional que sempre recebeu de sua família

Cidade
Guaíra, 4 de julho de 2018 - 10h57

 

 

 

 

 

 

O casal Selma e Antônio Carlos, ao lado dos filhos Matheus e Maxuel, inaugura hoje (04) a nova loja MM Confecções, em um espaço mais amplo, climatizado, de design futurístico e especialmente criado para atender os clientes da melhor maneira possível.

O bom atendimento e o carisma dessa equipe continuam do mesmo jeito, mas a estrutura proporcionará mais comodidade para os consumidores, que poderão aproveitar os preços mais acessíveis dos produtos de moda masculina e feminina, desde o recém-nascido ao idoso, além do setor fitness, com as mais variadas opções de roupas para academia e esportes; e também o departamento de cama, mesa e banho, para todos os cômodos da casa.

Para a realização desse sonho, a família MM estudou o projeto delicadamente e agora apresenta a concretização de um novo estabelecimento, criado especialmente para a sua clientela, principalmente da região do Cecap, na divisa com a Vila Aparecida, onde tudo teve início.

Com emoção retratada em seus olhos, o empresário Antônio concedeu entrevista ao Jornal O Guaíra e contou um pouco dos detalhes do novo empreendimento, da trajetória da MM e do apoio incondicional que sempre recebeu de sua família. Confira:

 

 

 

 

 

Primeiramente, conte-nos um pouco como será essa inauguração de hoje?

Abriremos hoje, das 09h às 19h, que é de praxe nosso. A nova loja vai trazer mais comodidade, um espaço amplo, bem climatizado, com o serviço de 10 funcionários. Oferecemos um belo café-da-manhã para todos os presentes e desde já convidamos todos os nossos clientes a comparecer neste momento tão especial na vida da MM. Será uma “reinauguração” da MM Confecções, bem ao nosso estilo: simples e transparente, mostrando aquilo que nós somos.

A loja foi separada em departamentos para atender a todos os públicos, da melhor maneira possível. A gente tem do recém-nascido até o vovô, uma gama de produtos!

 

Como foi a concretização deste grande projeto?

Bom, isso é um projeto de alguns anos, que viemos trabalhando e nos preparando ao longo do tempo. Estamos trazendo para o nosso público um espaço mais aconchegante, ao qual a pessoa terá mais facilidade de estar comprando, já que, onde estávamos, estava ficando pequeno e um pouco apertado.

Sempre falei para o pessoal o seguinte: “quero fazer um negócio aqui na nossa loja para que as pessoas que moram no nosso bairro se sintam à vontade em adentrá-la e comprar da mesma forma que está na outra, nos não vamos mudar em nada, o nosso sentimento , nosso conversar com o cliente, nosso atendimento continuarão o mesmo”. Ou seja, os preços continuam acessíveis, com crediário próprio, ou cartão.

 

E quem esteve nessa empreitada com vocês?

Tenho que agradecer imensamente às pessoas que estão me ajudando nesse projeto, além da minha família e equipe MM, é claro. Mas, para a realização deste novo espaço, agradeço ao grande trabalho do arquiteto Fernando Matsucuma e do Rafael Ulian, dos pedreiros Silvio Barbosa, Antonio e Negão, do pintor Marquinho, do Pardal da Eletrochok e do Zezinho Serralheiro, que foram essenciais para que o local ficasse assim, maravilhoso!

 

 

 

 

 

 

Percebemos que a MM é completamente família, certo?

Sempre! Sempre digo que família é fundamental. Tenho a Selma, minha esposa, como pilastra. Há cerca de 10 anos, ela deixou sua área de enfermagem para vir para o comércio comigo. Trouxe-a pensando em me ajudar, mas hoje sou eu que a ajudo (risos), porque agora é ela quem comanda, por ter uma visão muito ampla do negócio. Ela tem um tato muito refinado quando se diz respeito à organização e atendimento. Ela tem o dom.

Agora temos também nossos filhos, Maxuel e Matheus, que serão os principais responsáveis por tudo isso aqui. O Matheus fica na parte da MM Confecções e o Maxuel na Presentes; e a Selma e eu estamos aqui auxiliando-os nesse novo empreendimento que está acontecendo.

Agora, desde o início também tivemos o suporte de toda a família, como minha sogra e minha cunhada.

 

Conte-nos um pouco da trajetória da MM?

Viemos tudo assim, de escadinha… Primeiro fizemos uma portinha, depois aumentamos ela para mais um quarto. Em seguida retiramos nossa casa e passamos a morar em um fundinho, mas a loja estava crescendo e dessa forma foi até hoje, graças a Deus. Inauguramos nosso primeiro espaço em 2005, com pessoas que nos ajudaram muito, como a Ana (sogra), a Renata (cunhada) e os funcionários que passaram por nossa equipe durante esses anos, alguns buscando outros objetivos, mas que sempre nos auxiliaram e acredito que nós também contribuímos para os seus crescimentos.

A nossa história é muito simples: começamos a trabalhar e não paramos até hoje (risos).Ficamos alguns anos trabalhando de segunda a segunda, mas depois colocamos regras e agora fazemos de segunda à sexta das 09h às 19h e aos sábados das 09h30 às 14h30 – isso quando o comércio não fica até às 18h.

Temos uma equipe muito coerente, com pessoas que sabem do nosso projeto e que sonham conosco os nossos sonhos. Por isso falo que a MM atua baseada no cooperativismo, pois, não quero só para mim, mas também aos outros. Penso da seguinte maneira: se ao meu redor há pessoas que estão bem, 99,9% de que eu também estarei. E isso eu repasso aos meus filhos. Isso é o que fazemos aqui. Tanto que nossos colaboradores só saem mesmo da MM quando possuem outro projeto de vida. E, no que eu posso ajudar, eu faço para incentivá-los a crescer, sempre.

 

Após a concretização desse sonho, qual o próximo objetivo da família MM?

Nosso próximo objetivo é ampliar a MM Presentes. Agora, ela continuará onde está, mas pretendemos colocá-la também onde ocupamos a MM Confecções anteriormente (ao lado). Lógico que não será para agora, porque esse projeto nosso é um pouco ambicioso, mas, se Deus quiser, em breve.

A nossa tendência é essa, porque dessa forma poderemos separá-la nos três segmentes que ela possui: de presentes, de utensílios para casa e de brinquedos/papelaria; já que temos uma gama de variedades e muitas vezes as pessoas não têm conhecimento.

 

Algo a acrescentar nesse bate-papo?

Deixo meu agradecimento especial a Deus, minha família, minha equipe de funcionários e a todos que colaboraram para a concretização desse sonho, que contribuíram de alguma maneira ou que ainda contribuem para o crescimento da MM.

É um sonho que começou com uma pitadinha de vontade e atualmente estamos batendo palmas para nós mesmos, porque estamos conseguindo! Sei que o futuro só a Deus pertence, mas vamos trabalhar da melhor maneira possível para que não tenhamos apenas uma MM, mas uma MM forte! É um sonho que está se tornando realidade e acredito que, se Deus quiser, por muitos anos!


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos