Ter - 19/06
27º 17º 03:44
Guaíra - SP

Moradores denunciam lixo e mau cheiro no lagoa do Parque Maracá

Geral
Guaíra, 19 de outubro de 2017 - 11h07

Como não há grade que impeça objetos de descerem para as águas através das galerias, munícipes encontraram garrafas, latas, isopor e lixo doméstico boiando pela área

O mau cheiro nas proximidades do Parque Maracá chamou a atenção de alguns moradores da região nesta última semana, que observaram mais de perto a atual situação do principal cartão postal do município.

Foram encontrados muitos detritos em um dos escoamentos que cai na lagoa e muito lixo no local. Como não há grade que impeça objetos de descerem para as águas, os munícipes encontraram garrafas, latas, isopor e lixo doméstico boiando pela área.

Os guairenses reclamaram que todo esse lixo é proveniente da má varrição na cidade e o descaso com o parque. “Há tempos não encontrávamos nossa Lagoa tão ‘triste’ como parece agora, Não me lembro de uma cena assim desde o ano em que quase a perdemos, em 2014”, lamentaram.

Em conversa com um especialista, ele sugeriu que a atual administração adote a ideia do Bueira Inteligente. “Consiste em um cesto coletor com alças laterais de metal produzidas em diversas medidas de acordo com cada bueiro, especificamente para cada modelo já existente na rede da cidade, afim de facilitar o trabalho de limpeza, remoção e manutenção”, aconselha.

“Guaíra precisa modernizar suas práticas sustentáveis e conscientizar a população para que problemas como este não atrapalhem sua fauna ou flora”, completa.

OUTRO LADO

Ao questionar o governo sobre o mau cheiro, que está atrapalhando os frequentadores do parque Maracá, a prefeitura afirma que não é proveniente do esgoto. “Na Lagoa não há despejo de esgoto. São águas pluviais captadas da rua 26, desde a avenida 21 até o cruzamento da rua 26 com a avenida 35 e também da avenida José Flores em toda a sua extensão.”

Quanto às providências, a atual gestão afirma que não há como controlar o fedor, pois ele “se dá devido ao baixo volume da água no Lago, proveniente do período de seca. Providências são tomadas toda semana com limpeza.”

ÁRVORES

Preocupados com o futuro do meio ambiente e também da cidade, muitos cidadãos estão interessados em plantar árvores por Guaíra, porém, reclamaram que estão sendo “impedidos” de fazer a boa ação.

Em resposta, a Secretaria de Agricultura afirma que está notificando todos os moradores a plantarem em suas calçadas, porém, sobre o plantio no Parque Maracá, por ser um projeto de Burle Max, “as espécies têm que ser específicas. Já na mata do Bairro Taís, assim que for aprovado o projeto de revitalização do local, a sociedade civil será chamada para participar da arborização. Também está previsto um plano de arborização na cidade, que dará diretrizes para a iniciativa.”



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos