Munícipe doa mais de 120 quilos de lacres para a Santa Casa de Guaíra

Manoel Santana foi recebido na entidade pelo provedor Jonas Lellis, que agradeceu imensamente a iniciativa

Após mais de 10 anos juntando lacres de latinhas pela cidade, Manoel Caligares Santana, preocupado com a situação da Santa Casa de Misericórdia de Guaíra, resolveu doar mais de 120 quilos do pequeno objeto para a entidade, entregues em dezenas de potes de três litros.

A doação ocorreu na tarde de ontem (07), juntamente com a administradora do hospital, Maria Cristina Evarini Campo e o provedor, Jonas Nogueira Lellis.

A instituição agradeceu imensamente a atitude do guairense. “Estamos em situação calamitosa em nossa Santa Casa e esse incentivo apareceu em boa hora. São atitudes como essa que devemos enaltecer. Sabemos do coração solidário que o guairense possui e doar para Hospital de Câncer de Barretos é necessário, mas pedimos um pouco da atenção dos olhares do cidadão para o município. Cuidar da entidade e cuidar da cidade”, afirma Jonas.

Manoel ficou satisfeito com a colaboração. “Há quase 15 anos recolho esses lacres, com a ajuda de muitas pessoas. Comecei engajado a ajudar meu primo, que havia amputado uma perna. Como não consegui comprar a cadeira de rodas – me disseram que eu não conseguiria – continuei juntando os objetos na intenção de doá-los para o HC de Barretos. Mas, sabendo da situação do nosso hospital e com a ajuda do casal de amigos Gil e Marilise, do restaurante Pau Brasil, resolvi entregar para a Santa Casa”, conta o aposentado.

E ele demonstra não querer ficar com os “créditos”. “Esse resultado não é só meu. Se não fossem meus amigos, diversos bares que doaram os lacres e também os potes, não conseguiria entregar hoje mais de 120 quilos do alumínio. Por trás destes mais de 100 vasilhames, há mãos de muitos guairenses”, destaca Santana.

DOAÇÕES

A Santa Casa de Guaíra continua recebendo doações da comunidade guairense. O provedor ressalta que qualquer ajuda é bem-vinda. “Recebemos essa doação em alumínio, que vale dinheiro. Manoel Santana trouxe para nós e ele disse que não é só dele, é da população de Guaíra para a nossa Santa Casa”, explica Jonas. “Serão aproximadamente R$ 500 para a entidade”, completa.

Lellis ainda comenta sobre a situação da instituição. “Precisamos de ajuda, nosso hospital precisa muito. Temos o hábito de contribuir com outras entidades de Barretos e é muito louvável, mas, no momento, estamos precisando muito mais que qualquer outra instituição. A situação financeira da Santa Casa é muito difícil. Então, toda e qualquer ajuda será bem acolhida. Queria dar um alerta, antes de ajudar os vizinhos, vamos olhar nossa casa primeiro”, diz.

O gestor aproveitou a oportunidade para agradecer as prendas recebidas pelo leilão da Paróquia São Sebastião, ocorrido neste último domingo (06). “São atitudes como essa que nos dão incentivo para continuar. Recebemos nove cabeças de gado e um pônei do almoço do Padre. Estamos contentes por ver a população abraçando a causa. Continuamos recebendo qualquer tipo de incentivo, seja comida, gado, cavalos, carro, carroça, o que tiver. Pretendemos, até o final do ano, fazer um leilão para a Santa Casa”, finaliza.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *