Sex - 20/07
28º 16º 05:58
Guaíra - SP

A Ressurreição da Esperança

Opinião
Guaíra, 13 de Abril de 2018 - 09h26

Por José Renato Nalini

A civilização que se autodenomina “cristã” tem de conhecer a ressurreição de Lázaro. Amigo de Jesus, morreu enquanto o Cristo pregava em lugar distante. Marta e Maria, as irmãs de Lázaro, foram à procura do Mestre para lamentar o infortúnio e pedir sua intercessão. O episódio da ressurreição de Lázaro é uma parte muito eloquente dos Evangelhos.

Baseando-se nele foi que o Padre José Carlos Spinola criou o “Reciclázaro” em São Paulo. Uma Organização da Sociedade Civil que, além de reciclar vidro, latinhas e material PET, também procura ressuscitar para a dignidade algumas existências condenadas a um sobreviver indigno.

10% da população de rua da capital paulista é cuidado pela Reciclázaro. Mais de 30 mil pessoas já foram atendidas, desde recém-nascidos até idosos com idade superior a 90 anos. Mas a maior faixa etária entre os atendidos está entre os 18 e 45 anos.

Os programas são transitórios, não permanentes. A filosofia é fazer com que o ser humano receba um estímulo e depois possa caminhar de forma autônoma. Um dos exemplos do trabalho do Reciclázaro: sob o viaduto do Gasômetro, oferece-se um programa de atividades socioeducativas.

Ali se desenvolve o Programa de Intervenção Comunitária no Brás. Outra unidade é a Casa de Simeão, com acolhimento de 150 idosos em situação de vulnerabilidade e encaminhados para oficinas de capacitação e geração de renda.

O Centro Dia Guadalupe conta com equipe multidisciplinar para atender 30 pessoas com idade superior a 60 anos e que necessitam de atenção e cuidados pessoais. Atua em conjunto com o Programa de Atenção à Pessoa Idosa – PROGAP, que tem por objetivo aprimorar a qualidade de vida do idoso.

Também funciona a Casa de Marta e Maria, para cuidar das mulheres vítimas de violência. 82 mulheres recebem o apoio e, se tiverem filhos, as crianças continuam com as mães enquanto atendidas.

A criação de novas oportunidades de convívio social está na Casa São Lázaro, que acolhe 100 homens e oferece oficinas como fusing glass, o vidro fundido, papelaria artesanal, corte e costura e outras atividades que geram renda. Mas é importante mencionar que não é apenas o ser humano aquele que merece carinho e atenção da Reciclázaro.

O Centro de Formação Profissional e Educação Ambiental – CEFOPEA ensina a preservar sob a forma de diversão. Também há programas de coleta seletiva e geração de renda, especialmente implementado para atender carroceiros e pessoas em situação de risco social. A coleta de resíduos sólidos concilia o cuidado de âmbito social e ambiental e também o intuito econômico, pois os cooperados recebem pelo trabalho prestado.

É mais um exemplo de protagonismo cidadão que reverte em melhoria do convívio social, cujas fissuras não podem se aprofundar, sob pena de não se atingir o propósito do constituinte de 1988: edificar uma Pátria justa, fraterna e solidária.


TAGS:

José Renato Nalini

José Renato Nalini, secretário da Educação do Estado de São Paulo

Ver mais publicações >

OUTRAS PUBLICAÇÕES
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos