Painel – 11 de Novembro

Oi????

Fiquem de olho! A Câmara dos Deputados está tentando reverter um entendimento do STF de que a inelegibilidade de 8 anos estabelecida na Lei da Ficha Limpa, implementada em 2010, pode ser aplicada em casos anteriores ao ano em que a regra começou a valer. Eles querem alterar a lei para que fichas sujas com condenações anteriores a 2010 possam se candidatar!

 

Absurdo

O projeto para alterar a decisão do Supremo é de autoria do deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP)!!! Na conta dos deputados, a decisão do STF pode atingir 40 prefeitos, dois deputados federais, 50 estaduais e mais de 200 vereadores! E eles não querem isso, óbvio! Um dos poucos partidos que não assinaram o documento que pede a revisão do último entendimento do STF foi o PSOL. Reservadamente, alguns deputados do partido confidenciaram que o problema não é o mérito do projeto, e sim uma questão política de o partido não querer participar de um movimento liderado por governistas.

 

PSDB rachando

A crise do PSDB pode afetar as eleições de 2018. O partido está rachado entre os apoiadores de Temer e aqueles que querem votar contra a reforma da Previdência. Irritado com essa posição, o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, contou que o PSDB corre o risco de entregar a presidência para o Lula em 2018. Será?

 

Defendendo os “seus”

Parece até que Temer está com medo de surgir delação premiada por aí… Com a decisão do ministro Edson Fachin, do STF, envie ao juiz federal Sergio Moro investigações por organização criminosa contra os ex-deputados do PMDB (Eduardo Cunha, Henrique Eduardo Alves, Geddel Vieira Lima e Rodrigo Rocha Loures), a defesa do presidente da república quer que ele volte atrás e não apresente isso à Justiça.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *