Seg - 21/05
22º 19:17
Guaíra - SP

Parlamentar cobra conclusão de infraestrutura de acesso a loteamento

Empresa responsável pelo Residencial Bárbara fez pavimentação e depende agora da prefeitura construir guias e sarjetas. A Dra. Bia Junqueira enviou requerimento ao Executivo cobrando regularização de trecho para evitar danos à obra já realizada

Cidade
Guaíra, 6 de Janeiro de 2018 - 09h40

Fotos de trecho do asfalto que está sem guias e sarjetas. Prefeitura tem que fazer sua parte para conclusão da obra

A vereadora Dra.Ana Beatriz Coscrato Junqueira cobrou nesta semana, a regularização do trecho de acesso ao Residencial Bárbara para evitar transtornos com as novas construções de residências.

Bia apresentou o requerimento número 06/2018, solicitando informações ao Poder Executivo e questionando o motivo da não realização, até o presente momento, de obra de construção de guias e sarjetas da avenida perimetral com a Lions Clube, até a estrada da Mata. “A falta desta infraestrutura, que ficou a cargo da prefeitura, pode vir a comprometer a obra. O asfalto foi realizado por particulares e a falta de guias prejudicaria os moradores e geraria danos ao patrimônio público”, expôs.

A parlamentar tem acompanhando o processo de liberação do bairro, construído na área Oeste da cidade, pois o mesmo apresentou problemas em sua infraestrutura e não foi liberado pela atual administração até que os ajustes fossem realizados.

De acordo com Ana Beatriz, a prefeitura deve exigir o cumprimento de todas as diretrizes para liberar os lotes. “O certo é que o loteamento, posteriormente, irá se transformar em um bairro de responsabilidade da prefeitura. Então, nada mais correto do que, antes de liberá-lo, existir o cumprimento das diretrizes estabelecidas. Eu, como vereadora, tenho que acompanhar o processo e fiscalizar tanto as exigências do governo municipal e loteadores e suas respectivas obrigações”, apontou.

Em ofício encaminhado à vereadora, a empresa Residencial Bárbara – Guaíra SPE Empreendimentos Imobiliários Ltda informou que a atual administração não havia cumprido sua parte, sendo que com o período de chuvas, o serviço já realizado poderia ser prejudicado. “A firma cumpriu as exigências e o loteamento foi liberado. Parte da rotatória existente no local foi asfaltada, ficando para a prefeitura a responsabilidade de realizar obras de guias e sarjetas no trecho”, completou.

Poder público deve dar exemplo

A Dra. Bia Junqueira disse que em uma gestão eficiente, os bons exemplos devem partir da administração municipal. “O poder público tem que ser o primeiro a fazer, para depois exigir. É dando bons exemplos que se educa o filho. É assim na administração municipal, cumprindo com seu dever, é claro que a população irá corresponder, fazendo o mesmo. Não acho correto apenas cobrar do cidadão e não agir em direção à solução dos problemas da cidade”, disse.

Um exemplo citado pela parlamentar é a exigência de construção de calçadas. Na sua visão, a população correspondeu ao chamado do governo municipal, mas, em contrapartida, a administração passou 12 meses sem construir uma única calçada dos seus espaços públicos. “Antes de exigir, temos que cumprir com nosso dever. É o mesmo que cobrar que massa de cimento não poderá ser mais feito no asfalto. É uma atitude correta. Mas, e os buracos e problemas de infraestrutura da cidade estão sendo resolvidos ou com planejamento para isto acontecer? Faço parte de uma administração que defende a transparência, a seriedade e o trabalho e sendo assim deve dar exemplo antes de cobrar do cidadão”, frisou ela.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos