Seg - 16/07
29º 17º 09:43
Guaíra - SP

Prefeito e diretor de educação anunciam novidades para o ensino universitário de Guaíra

José Eduardo e Renato Moreira, ao lado de vereadores e deputados, estão buscando recursos para trazer faculdades presenciais ao município. Além disso, eles tentam a aprovação de uma nova escola estadual (5ª série) e a construção da ETEC

Cidade
Guaíra, 11 de julho de 2018 - 07h15

Renato Moreira e José Eduardo ao lado do secretário da educação do Estado, João Cury

Prefeito e vice de Guaíra juntamente com a presidente da UNIVESP, Fernanda Gouveia

 

 

 

 

 

 

 

 

O prefeito José Eduardo Coscrato Lelis e o diretor de educação, Renato Moreira estão trazendo boas notícias das viagens que ambos têm feito a São Paulo, em busca de recursos para o setor educacional de Guaíra.

Entre as diversas novidades, a atual gestão está se empenhando para aprimorar o ensino universitário no município, como a vinda de faculdades presenciais e a ampliação de cursos à distância.

Na última semana, em reunião com o secretário da educação do Estado, João Cury, os chefes do Executivo guairense também comemoraram a conquista de recursos para a reforma da escola estadual Enoch Garcia Leal e um veículo para a Central de Alimentação, obtidos por intermédio do deputado Roberto Engler e a vereadora Dra. Bia Junqueira. “Fomos consolidar e agradecer pela reforma do Enoch, bem como encaminhamento da aquisição de um furgão, trabalho capitaneado pelo Engler e a Bia Junqueira”, afirma José Eduardo.

NOVA ESCOLA

Em reunião na Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, Renato e José Eduardo também pleitearam a construção de uma nova escola estadual para Guaíra. “Seria para o ensino de 5ª série, para ajudar a minimizar o número de alunos no Enoch, que está quase extrapolando”, aponta o gestor.

EXPANSÃO DA UNIVESP

Em viagem à capital paulista, prefeito e vice de Guaíra ainda assinaram a expansão e ampliação da UNIVESP (Universidade Virtual do Estado de São Paulo) para os guairenses. Com isso, em 2019, o município receberá vagas de novos cursos, além dos que já existem (Engenharia de Computação, Engenharia de Produção e Pedagogia) ministrados na escola Vera Vitali, com orientação de renomadas instituições de ensino superior. “Também recebemos o ‘Selo Parceiro’, concedido pela atuação em conjunto com a instituição para oferecer educação superior à distância de qualidade”, destaca José Eduardo.

“Estivemos com a presidente da UNIVESP, uma situação muito positiva para Guaíra. Não podemos deixar de reconhecer o trabalho do governador, a indicação do vereador Rafael Talarico e a importante intervenção do vereador Moacir Gregório, que aproveitou sua proximidade com o Márcio França e fez com que pudéssemos iniciar a universidade em 2018. Temos que reconhecer o envolvimento de todos”, complementa.

ETEC

O prefeito e vice-prefeito também estiveram na sede do Centro Paula Souza para aprovação do projeto da construção da ETEC (Escola Técnica Estadual) em Guaíra. “Estivemos junto com o deputado Engler para aprovação do projeto da construção de uma área da ETEC de Guaíra”, demonstra o diretor de educação.

“A ideia é aproveitar uma parte do prédio da pré-escola da Cohab II e liberar a unidade da Maria Auxiliadora para o nosso ensino fundamental. Falta autorização por parte do Centro Paulo Souza para darmos início ao processo licitatório Na contratação de empresa para a construção”, exemplifica Renato.

“É um processo lento, requer toda a aprovação, mas buscamos viabilizar essa condição de montar um prédio próprio; claro que precisamos de programação financeira, porque são recursos da prefeitura, mas estamos caminhando nesse sentido”, acrescenta José Eduardo.

FACULDADE NA ANTIGA INCUBADORA

Após anos na expectativa da vinda de uma faculdade presencial para Guaíra, José Eduardo e Renato confirmam o início da reforma do prédio da antiga incubadora ainda nesse ano. “Acordamos com o mantenedor que faríamos a reforma necessária, mas tivemos um atraso porque tivemos que judicializar a empresa, que não tinha entregado de forma integral para que tivéssemos a segurança jurídica de fazer esse processo licitatório”, explica o Chefe do Executivo.

A Atual gestão reafirma a necessidade de agilizar o processo. “O edital já está publicado. É só finalizarmos esse processo burocrático e vamos iniciar a reforma daquele prédio. Se Deus quiser entregaremos nesse ano ao professor Miranda, que busca parcerias para fazer virar realidade a faculdade presencial em Guaíra”, acrescenta Renato.

FACULDADES PRESENCIAIS

Outra novidade importante é que, através de participação do vereador Jorge Domingos, o diretor de educação também está negociando para oportunizar a vinda de uma faculdade de agronomia para Guaíra. “O pessoal está estudando, mas estamos trabalhando nesse sentido. Estamos aguardando o posicionamento da Fafram para inserir cursos aqui e também à distância. Voltaremos em Ituverava e iremos novamente a São Paulo na próxima semana para tentar viabilizar esse ensino universitário para os guairenses”, expõe Moreira.

“Outra coisa, uma instituição de ensino também demonstrou interesse de usar as dependências do CSU, que agora é da prefeitura, para montar uma faculdade presencial. Tanto o Jorge, como o Renato, estão tratando disso com muito carinho. Nosso setor de obras também está fazendo estudos porque, independente de faculdade, faremos reforma no Centro Social Urbano para estar disponível ao município”, enfatiza José Eduardo.

“São agendas positivas para poder diminuir essa questão nossa de dificuldade de oferta de cursos de nível superior. Além disso você melhora o nível da cultura do município, trazendo professores da região. Quando você agrega oportunidades de opções de nível universitário, todo município ganha com isso. Estamos obstinados para que isso aconteça de forma mais rápida possível, juntamente com vários parceiros nesse sentido”, finaliza o prefeito.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos