Qui - 20/09
28º 19º 21:15
Guaíra - SP

Problema do poço profundo da Avenida 5 ainda não foi resolvido

Bairros relataram falta de água neste último final de semana; moradores pedem solução ao DEAGUA

Cidade
Guaíra, 4 de setembro de 2018 - 07h35

 

 

 

 

 

 

Desde o dia 11 de agosto, os moradores da região abastecida pelo poço artesiano localizado na avenida 5 com a rua 26 estão com o fornecimento de água parcialmente comprometido, tendo cortes durante alguns momentos do dia. Inclusive, neste último final de semana, reclamaram que foram horas sem o benefício.

Segundo o Departamento de Água e Esgoto de Guaíra, o poço não está bombeando água corretamente. “A princípio considerou-se a falha do painel eletrônico, contudo, em uma avaliação mais detalhada do sistema no dia 13/08 segunda-feira, foram consideradas as hipóteses de falha da bomba submersa ou o entupimento dos filtros do poço”, relata o diretor da autarquia, Lucar Froner.

“No dia 14 de agosto, foi protocolado um pedido de Decreto de Emergência para assegurar que a manutenção se dê de maneira mais rápida, contudo, ainda assim são necessárias 03 cotações, que devido à complexidade do problema ainda não foram entregues pelas empresas especializadas no serviço a ser feito”, continua.

Para solucionar o caso, o profissional declara que será necessário retirar a bomba submersa que está há 748 metros de profundidade, fazer a perfilagem (filmagem) e, por fim, a instalação da bomba submersa reserva. “Após o teste de vazão se o funcionamento for normal fica afastada a priori a hipótese de entupimento dos filtros, todavia, se fará necessário aguardar o parecer técnico. Caso a bomba reserva apresente o mesmo mal funcionamento o parecer técnico irá fornecer as possíveis soluções como o rebaixamento da bomba submersa, recuperação dos filtros ou a necessidade de se perfurar outro poço profundo”, anuncia.

Sem prazo para solução, Lucas pede a compreensão da comunidade. “Estamos tomando todas as providências dentro das exigências legais e técnicas, mas até que tenhamos um parecer da real situação do poço da Avenida 5, a população terá que adotar medidas de redução do consumo da água, pois de fato a Estação de Tratamento de Água e Poço Profundo do Tonico Garcia são capazes de fazer o abastecimento da cidade, todavia, no horário de pico das 18 às 20 horas e aos finais de semana o consumo de um bairro pode interferir no outro levando a queda de pressão e eventualmente a falta de água.”

O DEAGUA fez, ao longo desses dias, algumas inserções de alerta sobre o consumo nas mídias sociais. “Contudo, dada à crítica situação, estaremos junto ao Departamento de Comunicação do Município trabalhando para manter a população atualizada periodicamente a cada evolução do processo”, finaliza Froner.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos