Seg - 19/11
24º 21º 18:22
Guaíra - SP

Problemas com a obra da ETE

A empresa JC Empreendimentos, que era responsável pela construção não deu continuidade e a obra encontra-se com 85% de construção.

Cidade
Guaíra, 16 de Março de 2018 - 08h29

Obras da ETE estão paralisadas desde o final do ano passado

Um dos problemas alegados pela administração municipal para a não construção de casas populares, uma vez que já existe área disponível para novos conjuntos habitacionais é o término da construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

As obras do emissário e da estação de tratamento de esgoto estão sendo realizadas por meio de convênio entre o município e a Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) no valor de quase R$ 6 milhões. A empresa JC Empreendimentos, que era responsável pela construção não deu continuidade e a obra encontra-se com 85% de construção.

A vereadora Dra Ana Beatriz Coscrato Junqueira (PSDB), a ex-vereadora Eliana Cláudia Alves e o Engenheiro Civil da prefeitura, José Emydio estiveram na sede da FUNASA para solicitar providências e auxílio para que o município possa contratar uma nova empresa para dar prosseguimento à obra.  Guaíra corria risco da suspensão do convênio e possibilidade de ter que devolver os recursos para a Fundação. 

Na última semana, o Engenheiro José Emydio esteve em São Paulo para fazer a entrega da documentação. Uma nova licitação deverá ser providenciada para contratar uma empresa que tenha condições para entregar a ETE e os emissários.

A alegação de que o município não conseguirá construir casas em esta obra já é antiga, mas a falta de prestígio da cidade junto ao Governo do Estado vem das gestões passadas, uma vez que Guaíra sempre esta fora das listagens de contemplados com moradias. 


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos