Sex - 20/07
28º 16º 05:54
Guaíra - SP

Programa Trabalho Cidadão está transformando vidas

Trabalhadores estão conquistando renda, capacitação e melhorando a autoestima; atuação acontece através de iniciativa do governo municipal

Cidade
Guaíra, 15 de Abril de 2018 - 09h48

2ª Turma do Trabalho Cidadão recebendo a certificação da conclusão dos cursos de saúde, convivência, educação, trabalho em equipe e palestras motivacionais.

Quem anda pelas ruas de Guaíra e nos próprios públicos, certamente, se depara com a cena de grupos de trabalhadores realizando limpeza em todos os setores do município. Trata-se de um contingente de funcionários, todos do programa Trabalho Cidadão – desenvolvido pela Diretoria de Assistência, Desenvolvimento e Inclusão Social, que estão fazendo a diferença na cidade ao participarem de ações permanentes de melhorias.

Claudinéia de Campos Oline: “Os cursos mostraram que sou capaz e que posso fazer a diferença.”

Além de uma fonte de renda, o Projeto Trabalho Cidadão é uma possibilidade de melhorar a educação pessoal e profissional de cada um de seus participantes. É oferecido um bolsa-auxílio emergencial de R$ 420, por 4 horas diárias, com contrato feito por 20 dias úteis, de segunda a quinta-feira. Nas sextas-feiras, os participantes passam por curso de orientação em saúde, convivência, educação, trabalho em equipe e palestras motivacionais.

O Trabalho cidadão, iniciado em fevereiro de 2018, selecionou 154 pessoas selecionadas através de critérios sociais. Elas foram divididas em turmas de 60. Duas equipes já concluíram o programa e a terceira atua no momento.

O Projeto despertou novos interesses de níveis profissionais e renda para moradores desempregados e em situação de vulnerabilidade social. Esse foi o caso da guairense Claudinéia de Campos Oline. “O diploma que recebi de ter concluído os cursos oferecidos pelo programa mostrou que sou capaz e que posso fazer a diferença. Agora quero participar das capacitações oferecidas pelo SEBRAE e, quem sabe, ser empreendedora”, diz a munícipe, que teve acesso às informações por meio de uma palestra de orientação oferecida pelo Trabalho Cidadão.

Walisson Vieira de Almeida – O Projeto também oportunizou trabalho aos jovens

A iniciativa também oportunizou trabalho aos jovens. Walisson Vieira de Almeida, 18 anos, que foi da 2º turma, pensando no futuro, pretende utilizar o salário que recebeu para fazer a inscrição do Concurso Público. “Farei a inscrição e já estou estudando, quero agarrar essa oportunidade”, enfatiza.

Outro exemplo que pode ser notado é o de Tamara Cristina Gonçalves Pajeu, 34 anos, mãe de três filhos, moradora do bairro Pão de Açúcar, que foi integrante da 1º Turma e realizou dentro do programa serviços de manutenção, limpeza e conservação da cidade. Com os cursos oferecidos viu a oportunidade de estudar e realizar sonhos. Buscou o retorno às aulas e agora está cursando o EJA – Educação de Jovens e Adultos – com o intuito de terminar o ensino médio. “Quero fazer um curso de cuidadora de idoso, porque tenho carinho pelas pessoas da terceira idade e vou juntar as duas coisas”, ressalta.

Tamara Cristina Gonçalves Pajeu: “Com o trabalho e os cursos conseguimos obter informações e isso nos deu motivação.”

Para Tamara, o Projeto Cidadão, antigo Programa Frente de Trabalho, tem dado dignidade às pessoas. “Com o trabalho e os cursos conseguimos obter informações e isso nos deu motivação e esperança para nossas conquistas”, finaliza.

Para o Diretor de Assistência, Desenvolvimento e Inclusão Social, José Reinaldo do Santos Júnior, a ação significa valorizar essas pessoas neste momento de vulnerabilidade e não deixá-las perder a esperança. “Na maioria dos casos, esses pais e mães de família estavam sem emprego e sem perspectiva e o Trabalho Cidadão veio mostrar o contrário a eles. Trabalho e cursos de orientação profissional e pessoal caminham juntos. Aproveito a oportunidade para agradecer todos aqueles que passam por nossas reuniões e transmitem seus conhecimentos a essas pessoas. Importante salientar que eles se dedicam e auxiliam a melhoria da cidade que vivemos, mas com regulamentação legal e regras claras, ou seja, eles têm direitos, mas também seus deveres.”

José Reinaldo acrescenta ainda que o projeto traz como benefício a possibilidade do cidadão participar de cursos de orientação. “Esses cursos ajudam o currículo de cada um deles, tira dúvidas e oferece maiores perspectivas em suas vidas pessoais.”

Em fevereiro, o Programa classificou 123 mulheres e 31 homens nas três primeiras turmas para trabalharem com serviços de limpeza e manutenção nas secretarias de Serviços e Obras, Parques Jardins, Agricultura e Meio Ambiente e Educação.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos