Dom - 22/07
29º 15º 19:18
Guaíra - SP

Telhado do prédio da Câmara está com problemas em sua estrutura

Com o período de chuvas neste início de ano ficou visível a deterioração na sede do Poder Legislativo; reforma deverá ser providenciada para evitar danos na parte interna do imóvel

Cidade
Guaíra, 7 de Fevereiro de 2018 - 10h33

Nos últimos anos, o prédio da Câmara Municipal passou por ampliações e melhorias internas para facilitar o acesso da população e também o trabalho desenvolvido por servidores e vereadores. Porém, em 2018, devido ao período de chuva intenso, foi detectado um problema estrutural no telhado da sede do Poder Legislativo, apresentando goteiras em algumas salas e também no plenário.

No passado já foram feitas algumas substituições de telhas, mas não resolveram a situação, que se arrasta há vários anos. Como trata-se de um prédio antigo, que necessita de ampliações, o atual presidente da Casa de Leis, vereador Caio César Augusto verificou a importância de uma ampla reforma para evitar que o patrimônio público sofra danos em equipamentos e até mesmo o arquivo oficial do município, onde está toda a documentação de responsabilidade da Câmara.

Caso não seja realizada uma obra no telhado, há riscos de que a estrutura do prédio também seja prejudicada com as infiltrações de água na laje e paredes. Como primeira providência, Caio já solicitou o trabalho de vistoria de um engenheiro civil pertencente ao quadro de servidores da prefeitura, que irá avaliar os investimentos necessários.

Após esta avaliação, o Legislativo abrirá processo licitatório para a contratação de uma empresa especializada na área de construção civil. A expectativa é que após os processos burocráticos, as obras sejam iniciadas no telhado da área administrativa e plenário.

Existe também a preocupação com a fiação elétrica do prédio e também de transmissão de dados pela internet que está ligado diretamente a setores importantes da Casa de Leis, como a secretaria, onde são arquivados todos os documentos protocolados e a equipe que cuida de toda a contabilidade e é responsável pela alimentação de dados de transparência exigidos por órgãos fiscalizadores como o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

De acordo com o presidente, é uma obra que não será visível aos olhos da população, mas que será eficaz neste período. “Faremos um processo de licitação transparente que dará oportunidade para todas a empresas interessas participarem, visando principalmente a qualidade da obra e a economia dos recursos públicos utilizados. Como gestor, tenho que gerenciar o dinheiro do povo e também cuidar do patrimônio público que pertence a todos os cidadãos guairenses”, destacou Caio Augusto.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos