Sáb - 20/10
31º 19º 14:10
Guaíra - SP

Vereador denuncia dano ambiental em depósito de resíduos de couro

O material está armazenado a céu aberto em área da Usina de Reciclagem. Com as chuvas, detritos estão causando sérios danos ao meio ambiente

Cidade
Guaíra, 6 de Janeiro de 2018 - 09h40

Moacir Gregório visitou o local onde estão depositados os resíduos de couro. Fotos mostram que água acumulada pode estar contaminada.

O vereador Moacir João Gregório visitou, na tarde da última terça-feira (02), uma área pertencente ao município localizada ao lado da Usina de Reciclagem de Lixo, onde o poder público depositou parte do resíduo de couro descartado irregularmente em Guaíra.

O descarte deste material ocorreu no ano de 2016 e foi encontrado em duas áreas de Guaíra. Após orientação dos órgãos competentes, a antiga gestão transportou o material para um barracão de Reciclagem e, posteriormente, para uma área cimentada, mas a céu aberto.

Esta é a segunda vez que o vereador Moacir Gregório visita o local. Na primeira, foi colocada um lona para cobrir os resíduos de couro e existiu a promessa de que a administração realizaria uma licitação para transportar o material para um aterro licenciado.

O parlamentar verificou que o material continua nas mesmas condições da primeira visita, mas com um agravante: com as chuvas, a lona foi danificada e o couro produziu uma água que provavelmente está contaminada e que ficou armazenada em uma área de terra.

De acordo com Moacir, em mais de 12 meses de governo, o atual prefeito não conseguiu dar um destino correto para os detritos. “É lamentável o que presenciei naquele local. Além de não dar uma destinação correta, o material está exposto, a céu aberto e propício para ocorrer uma contaminação do lençol freático”, destacou.

Pessoas que trabalham em uma cooperativa de reciclagem em um barracão localizado ao lado da Usina de Reciclagem relataram ao edil que o mau cheiro provocado pelo resíduo e pela água que é originada do mesmo, causam ânsia de vômito e dores de cabeça.

“Está na hora de parar de olhar para o retrovisor. Assumiram a prefeitura tendo conhecimento dos vários problemas existentes e precisam resolvê-los, antes que o pior aconteça. Neste caso, além do meio ambiente, temos a saúde daquelas pessoas para preservar”, concluiu.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos