A quem interessa tudo isso?

Editorial
Guaíra, 26 de outubro de 2017 - 09h36

O assunto já deveria estar morto e enterrado, mas é sempre bom lembrar que a internet não é uma ferramenta que serve aos maus intencionados.

As redes sociais deixaram de ser uma terra de ninguém e a Justiça aí está para provar que acusações falsas, boatos, notícias de “ouvi dizer”, informações sem prova, que viralizam por aí sem nenhum fundamento já não têm lugar no conceito das pessoas públicas, sérias e corretas.

Aconteceu com a nossa diretora, Inara Lacativa Bagatini, acontecem com outras várias pessoas e, recentemente, aconteceu com o nosso vice-prefeito, Renato Moreira.

Renato foi alvo de comentários desnecessários e mentirosos. A quem interessa enredar o nome de Moreira em fatos assim? Será que já estão pensando em eleições futuras, onde o nome do vice-prefeito pode, supostamente, aparecer como virtual candidato a prefeito em substituição a Zé Eduardo, que já deixou claro que seu mandato é de apenas quatro anos?

E de onde se originam tais informações sem qualquer fundamento? Quem pode ser tão maquiavélico ao ponto de maquinar subsídios que passam ao largo da veracidade? Quem dá suporte para tais informações carregadas de inverdades? A política está repleta de “fogo-amigo” quando se dá tapinhas nas costas, mas estas mesmas costas são alvos de apunhaladas?

Um jornalismo investigativo tem, antes de tudo, de se pautar pela ética! Não se pode ir atirando para todos os lados, mesmo porque toda e qualquer história tem sempre, no mínimo, dois lados!

Hoje, a Justiça está apta para amparar e julgar estes casos e a Internet, que é um suporte maravilhoso para as “coisas do bem”, no entanto se transforma em ferramenta poderosamente destrutiva para as “coisas do mau” quando caem em mãos daqueles que não sabem usá-las.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente