Ações realizadas na Santa Casa para melhorar a eficiência já dão resultados

Hospital adquiriu novos equipamentos para ofertar qualidade ao atendimento da população

Saúde
Guaíra, 30 de junho de 2019 - 08h30

Há nove meses com intervenção da prefeitura, a Santa Casa de Misericórdia de Guaíra hoje mantém um funcionamento sustentável e começa a se reerguer e a recuperar a capacidade de investimento e a credibilidade junto à comunidade.

Essa semana o Prefeito José Eduardo, acompanhado do Diretor Financeiro e Interventor da Santa Casa  Marcio Bento , visitou a entidade para ver o andamento das ações de investimentos realizados pelo hospital.

Entre os principais procedimentos realizados estão a compra de novos equipamentos e a contração de profissionais. As novas aquisições aumentarão os serviços ofertados para a população, tanto pelo sistema SUS como também com os convênios e particulares.

Entre os equipamentos está um aparelho de alta tecnologia para exames de endoscopia e colonoscopia. Os agendamentos dos exames já estão sendo feitos. O aparelho tem maior precisão nos resultados e diagnóstico preciso de doenças graves e é todo digital.

Outros equipamentos adquiridos são: Quatro monitores multiparametros – o equipamento que mostra, simultaneamente, a frequência cardíaca com o traçado de eletrocardiograma, a saturação de O2, a capnografia, a pressão arterial, a temperatura e a frequência respiratória do paciente e dois desfibriladores – aparelho usado para, no caso de uma parada cardiorrespiratória, restabelecer o ritmo cardíaco do paciente. Uma parte do recurso para a compra desses equipamentos foi proveniente da campanha em que a população por meio da conta de água fez doação para a Santa Casa. Hoje são em torno de R$ 4,5 mil arrecadados mensalmente com a doação da população. A prefeitura e a Santa Casa iniciam em julho a mobilização de estudantes bolsistas do município, em que de forma voluntária engajarão na Campanha de Doação para Santa Casa via conta do Deágua. Este trabalho voluntário está previsto na legislação que rege a cessão de bolsas de estudos pela Prefeitura (Lei Ordinária Municipal nº 1.758/1997 e Lei Ordinária Municipal nº 2.440/2010). Uma forma de contrapartida por conta do benefício concedido pelo Município.

Outro problema resolvido é em relação ao oxigênio. Está sendo construído uma nova edificação dentro da Santa casa que abrigará a usina de oxigênio, gerando uma economia operacional, e o m³ custará para a entidade entre R$ 1,90 e R$ 2,00 o m3. Eram gastos 27 mil mensal em oxigênio e com a usina serão gastos R$ 7 mil, uma economia de R$ 20 mil.

Simultaneamente estão sendo feitas as intervenções no prédio interligado a Santa Casa, antes ambulatório de especialidade. O espaço funcionará o Pronto-Socorro e a reforma está sendo feitas em parceria com a iniciativa privada, em que o Grupo Tereos fez uma doação de R$ 150 mil. A mudança do PS facilitará o atendimento dos pacientes, além de otimizar os custos com uma logística operacional que vai gerar economia, principalmente com o transporte de pacientes para internação e exames.

De acordo com o interventor Márcio Bento, o hospital está atendendo em  média, 5,2 mil procedimentos mensal . ”Os médicos estão trabalhando e a equipe de funcionários está comprometida com este novo momento do hospital. Recentemente realizamos qualificação e treinamento aos funcionários para que o atendimento tenha eficiência e também para motivá-los. Estamos prestando contas das ações para que a população acompanhe o trabalho que está sendo feito administrativamente na Santa Casa” explicou Bento.

O Prefeito José Eduardo Coscrato Lélis ressaltou que a Santa Casa está em um novo momento e tem mostrado uma gestão eficiente ”estamos trabalhando no sentido oferecer cada vez mais serviços aos pacientes, como especialidades médicas e exames. Na nossa visão é de que só crescendo, com responsabilidade e eficiência no cumprimento de um plano de ação bem feito, vamos enfrentar a crise financeira da Santa Casa. Queremos cuidar das pessoas e com isso dar um novo momento de sustentabilidade à para a Santa Casa” explicou José Eduardo…




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Saúde
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos