Seg - 21/01
33º 21º 08:39
Guaíra - SP

Coletores recebem orientações para as novas regras de limpeza da cidade

Geral
Guaíra, 19 de fevereiro de 2017 - 08h46

Foco do encontro foram os restos de construção, que devem ser acondicionados em caçambas alugadas pelo DEAGUA ou recolhidos por particulares

materia 2

O governo se reuniu com aproximadamente 15 coletores particulares de resíduos de construção, jardineiros e os setores de Limpeza Pública, Agricultura e Meio Ambiente, Tributação, Guarda Civil Municipal e Polícia Ambiental, para fazer orientação sobre as novas normas que regem a correta destinação de detritos no ambiente urbano.

Foco principal desta conferência foram os restos de construção, que devem ser acondicionados em caçambas alugadas pelo DEAGUA ou recolhidos, de pronto, por particulares, além dos despejos de jardinagem e roçadas, que só podem ir à rua nas segundas, terças e quartas-feiras.

De início os autônomos ficaram apreensivos com a intenção da Prefeitura em intensificar a fiscalização atinente ao descarte de limpeza de quintais, refugos de construção, aparas de grama e, entre outros, poda de árvores. O medo era que, com o aperto, haveria a diminuição dos serviços na coleta particular.

No entanto o Diretor de Agricultura e Meio Ambiente, Rafael Granner Lelis os tranquilizou destacando que a fiscalização mais severa, ao contrário do que pensam, vai aumentar a demanda, uma vez que, com medo das sanções, os munícipes vão contratar a caçambas ou os particulares para dar fim no entulho. “Evitar o acúmulo na rua está na mira da administração”, disse.

Mitigar o dano ao meio ambiente, melhorar as condições de limpeza da cidade e promover o bem estar animal, no caso dos coletores que usam a tração animal para o trabalho, constituem o desígnio superior da municipalidade.

Atualmente, Guaíra possui dois pontos de destinação para estes resíduos, um atrás da Balança Municipal e outro ao lado do Aterro Sanitário de Lixo Doméstico. Há o objetivo de criar mais um ponto, na região noroeste da cidade, às margens da avenida Lions Clube. Um posto com logística mais funcional que facilitaria para os coletores particulares e Prefeitura.

O Comandante da Guarda Municipal, Paulo Sérgio da Silva informou que a corporação engrossará o contingente de fiscalização observando e autuando os casos de descarte irregular.

No tocante a infrações quanto à limpeza pública, as autuações, além de fiscais da Prefeitura, em alguns casos, podem ser lavradas a qualquer momento pela Polícia Ambiental, com valores que podem chegar a R$ 5.000,00, conforme informaram os agentes da força ambiental estadual.

A Prefeitura, por sua vez estará durante, mais algumas semanas, trabalhando com a fiscalização orientadora, lavrando notificações nos locais onde ocorrer irregularidades, especialmente nos locais com obras em andamento, e trabalhando a conscientização dos munícipes por meio da mídia.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos