Contrariando vereadores, Sérgio de Mello anuncia festa do peão

Cidade
Guaíra, 22 de abril de 2016 - 10h29

A prefeitura fará o lançamento oficial da festa às 15h, no Escritório do Parque Ademir Jovanini Augusto

 

materia 1

 

Após ter enviado projeto de lei para a Câmara Municipal, solicitando a aprovação do convênio com a Sogube no valor de R$ 420 mil para realizar a festa do peão, que foi rejeitado pela maioria dos vereadores, o prefeito Sérgio de Mello irá anunciar hoje a concretização do evento.

A prefeitura fará o lançamento oficial da festa às 15h, no Escritório do Parque Ademir Jovanini Augusto. Na ocasião, o prefeito irá apresentar oficialmente o diretor Tião Procópio e a comissão organizadora do evento, que será financiado pelos cofres públicos e organizado pela Sogube, com o apoio da ACIG (Associação Comercial e Industrial de Guaíra) e dos empresários Marinho Ferreira e Omar Allab.

 

REJEITADO

O prefeito resolveu não acatar a decisão dos parlamentares em não realizar a festa do peão neste ano, retirando este alto valor do município enquanto a população carece de outras necessidades.

Na última sessão da Casa de Leis, realizada no dia 14 de abril, por oito votos a quatro, os vereadores reprovaram o projeto de Sérgio de Mello, que solicitava convênio com a Sogube de R$ 420 mil dos cofres públicos para a realização da Festa do Peão de Guaíra. Diante do resultado, o presidente da Câmara, Mário Carlos Nogueira Neto não precisou declinar seu voto.

A Casa de Leis recebeu dezenas de cidadãos, que acompanharam as votações e se mostraram desfavoráveis ao projeto da festa. Os vereadores José Renato Tavares, Eliana Claudia Alves, Suzete Costa Barini e Aparecida Silva Armani foram os únicos que disseram sim ao documento.

José Mendonça, José Reginaldo Moretti, Mario Carlos Nogueira Neto, Cecílio José Prates, Ana Beatriz Coscrato Junqueira, José Natal Pereira e Antonio Eurípedes da Silva discursaram contra o convênio por ter sido elaborado de maneira não específica, não detalhando a comissão organizadora, como seriam utilizados esses R$ 420 mil e se a contratação seria realizada apenas em Guaíra. Os vereadores também falaram a atual situação do município, falta de verbas para a saúde, para a compra de medicamentos, além do desinteresse de Sérgio de Mello pela festa do peão nos últimos três anos e a vontade repentina de realizá-la neste ano eleitoral.

Os parlamentares ainda ressaltaram que não são contra o evento, apenas não concordam que um alto valor seja retirado dos cofres públicos. Eles lembraram que em 2015 a festa foi organizada por empresários, sem nenhuma contribuição por parte do atual governo municipal.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente