Dia D: Guaíra realiza hoje vacinação contra a gripe

Geral
Guaíra, 30 de abril de 2016 - 08h00

Campanha visa atingir idosos, crianças a partir dos seis meses e menores de cinco anos, gestantes e puérperas; imunização de doentes crônicos e demais profissionais da área da saúde começa no dia 9 de maio

Tem início hoje a campanha de vacinação contra a gripe em Guaíra. A vacina contra o vírus Influenza, causador da H1N1 e outras gripes, será aplicada durante todo o dia nas Unidades de Saúde da Família, das 08h às 17h.

As doses estarão disponíveis na rede pública para bebês com seis meses ou mais e crianças menores de cinco anos de idade. Também serão imunizados idosos a partir dos 60 anos, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias), indígenas, e profissionais de saúde que trabalham nos hospitais e unidades de pronto atendimento, públicos e privados, e nas UBS’s (Unidades Básicas de Saúde) em todo o Estado.

A partir do dia 9 de maio, a vacinação se estende para pessoas diagnosticadas com doenças crônicas e demais profissionais de saúde. A campanha termina no dia 20 de maio, para todo o público-alvo em todo o Estado.

Isso ocorre porque o GVE (Grupo de Vigilância Epidemiológica) XIV Barretos encaminhou para Guaíra, até o dia 28 de abril, 80 % das vacinas destinadas às crianças de 6 meses a 4 anos 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas, trabalhadores de saúde e idosos.

A fim de uniformizar o atendimento no município, as pessoas portadoras de doenças crônicas somente serão vacinadas mediante a retenção de cópia de receita das medicações que comprovem a doença ou da receita de indicação médica contendo o CID e/ou nome da doença. A retenção da cópia da receita será realizada por todas as unidades de saúde.

Ao todo, a secretaria municipal espera imunizar 7.978 pessoas que fazem parte deste público-alvo.

“A vacinação contra o Influenza é fundamental para evitar complicações decorrentes da gripe e doenças graves, como pneumonia”, afirma Ana Carolina M. Minóda de Oliveira, enfermeira da Vigilância Epidemiológica. “A vacina não tem capacidade alguma de provocar gripe em quem tomar a dose, já que é composta apenas de partículas do vírus que são incapazes de causar qualquer infecção”, destaca.

Além de imunizar a população contra a gripe A H1N1, tipo que se disseminou pelo mundo na pandemia de 2009, as doses irão proteger a população contra os vírus do inverno de 2016, A/Hong Kong (H3N2) e B/Brisbane. A vacina foi produzida pelo Instituto Butantan, órgão ligado à pasta, através de um processo de transferência de tecnologia.

Neste ano, até 19 de abril, foram notificados 1.092 casos e 128 óbitos por SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) no Estado de São Paulo atribuíveis ao vírus Influenza. Desse total, 883 casos e 119 óbitos foram relacionados ao vírus A (H1N1). Em 2015, foram 342 casos de SRAG notificados em todo o Estado, sendo 190 relacionados ao tipo A (H3N2). Do total de 65 óbitos registrados em 2015, 28 tiveram também relação com o A (H3N2).



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente