Não sei, não vi, não é meu!

Editorial
Guaíra, 10 de março de 2016 - 09h10

Se a tática de nunca saber de nada está dando certo nas esferas superiores, por aqui também, até hoje, está surtindo resultado positivo.

Assim, se o ex-presidente Lula nunca viu nada, nunca soube de nada e nunca fez nada, por que não usar do mesmo subterfúgio, já que é uma tática que funciona perfeitamente?

Deste modo, por aqui, também está funcionando a contento a estratégia de nunca saber de nada!

Na reunião com a imprensa para esclarecer alguns pontos polêmicos – como o caso da parceria com a APAE (sem a APAE saber) para se fazer a festa do peão este ano – o prefeito Sérgio de Mello foi enfático ao afirmar que esta “parceria” foi feita sem o conhecimento dele que, pasmem, nada sabia, porque estava viajando para Brasília.

Segundo declarações do próprio Sérgio de Mello, seus assessores fizeram tal propositura, mas que ele não iria declinar os nomes dos funcionários! E pronto! Ficou o dito pelo não dito, aliás, como tem ficado tantas outras atitudes vindas de dentro da prefeitura. Uma a mais ou uma menos nem está fazendo mais tanta diferença.

Para ilustrar este assunto, vem à tona o caso da funcionária que supostamente tenha desviado uma quantia de dinheiro dos cofres da prefeitura e que até hoje, pasmem outra vez, não teve qualquer esclarecimento para a população. Sérgio apenas alega que ela já foi demitida. Mas, e agora? E o dinheiro? E a condenação?

Então, a esta estratégia do “não sei”, “não vi”, ” não fui eu”, “não é meu” deve-se anexar mais uma: “NÃO FIZ NADA”. Isso sim resumiria os três últimos anos de mandato desta atual administração, tanto municipal, quanto federal!


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente