O doce tinha tudo para azedar… E azedou!

Editorial
Guaíra, 24 de maio de 2016 - 08h05

Há algum tempo, neste mesmo espaço do jornal, dizíamos que o prefeito Sérgio de Mello parecia que estava deslumbrado com o poder e queria TUDO debaixo de sua jurisdição.

Claro que um prefeito tem que saber como está andando suas secretarias e como – todos sabem – que ninguém faz nada sozinho, ele teria que colocar pessoas à frente desses setores que não lhe dessem dores de cabeça, que desenvolvessem o trabalho com capacidade e seriedade.

Não conseguiu!

Assim, os problemas foram se acumulando (um exemplo disso é o desvio de dinheiro bem dentro da prefeitura que vai “caducar” e não será solucionado) e a cidade está aí, passível de críticas e mais críticas e o desgaste visível da figura do Chefe do Executivo.

Tudo que ele toca supostamente vira problema! Mais um exemplo: a festa frustrada do Peão e o aniversário mais melancólico da nossa cidade nos últimos 87 anos.

Agora, mais uma “bomba” para o prefeito solucionar: a nossa Santa Casa.

Esta Santa Casa é querida pela população! É para lá que se corre quando uma doença fragiliza qualquer pessoa da família que aqui reside. É lá que se encontram um corpo médico capacitado e um corpo de enfermagem de qualidade. Guaíra ama o seu único Hospital, que esteve em mãos que não tinham vínculos políticos que queriam o bem daquela instituição e que estavam – aos poucos – sanando os problemas que foram passando de gestão em gestão.

Pois bem! Contratou-se uma consultoria pela bagatela de mais de 25 mil reais mensais para colocar as finanças no azul e a vida seguir em frente. A consultoria não conseguiu terminar com as dívidas da Santa Casa como também deixou-a ainda mais endividada de quando a encontrou. E agora, terminado o prazo daquele pessoal, o prefeito supostamente quer contratar OUTRA firma para NOVA consultoria. Não é demais????

Sabe a história do Rei Midas, que tudo que tocava virava ouro? A ganância quase o matou de fome! Chegou a transformar a filha Phoebe em estátua de ouro e só quando foi humilde voltou ao normal. Saiu da vida pública e foi viver como um mero camponês e simples mortal.  Por aqui temos um Rei Midas às avessas: tudo que toca vira… Nada!


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente