O preço da ofensa

Editorial
Guaíra, 27 de setembro de 2017 - 09h57

Nossa manchete de ontem não deixa dúvidas: ofender gratuitamente as pessoas pesa no bolso e na moral!

Durante muito tempo fomos o foco principal das palavras carregadas de maledicências do blogueiro Conrado Vitali. Jornalista, na acepção da palavra ele nunca foi. Um jornalista que frequentou os bancos de uma Universidade, que aprendeu o que seus mestres ensinaram, jamais faria uso de palavras ofensivas ou atingiria as tradicionais famílias guairenses com apelidos grotescos pelo simples fato de estarem em lados opostos da política local.

Um bom jornalista dificilmente “venderia” seu arsenal de vocabulário para simplesmente atacar ou denegrir a imagem de alguém. Se ele foi supostamente recompensado para fazer o que fez, para usar da sua metralhadora giratória de afrontas, ultrajes e injúrias, a Justiça calou sua voz. Vai ser preciso reaprender a respeitar seus semelhantes. Vai ser preciso reavaliar e canalizar o seu dom de escrever muito, não bem, mas muito, para tentar expurgar a pecha que se abateu sobre sua cabeça.

A família Lacativa pretende colocar uma pedra em cima deste assunto e deixar nas mãos de Justiça caso algo semelhante venha a ocorrer. Não vamos mais, sequer, escrever ou pronunciar o nome do colunista. O assunto encerrou-se com o despacho das autoridades competentes.

Vamos concentrar nossas forças para divulgar o que Guaíra tem de melhor, sem perder o foco na Verdade, na Integridade e na Imparcialidade que sempre pautaram nossos artigos.

É vida que segue!


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LEIA TAMBÉM
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente