Tributo ao Ney Tosta

Editorial
Guaíra, 28 de julho de 2019 - 08h30

Sempre que há, em nossa cidade um evento envolvendo a palavra ”Cultura”, invariavelmente lembra-se do coreógrafo Ney Tosta. Quem conviveu com ele e conheceu a sua personalidade perfeccionista sabe do valor que perdemos com a sua morte.

Figura indispensável dentro e fora da Casa de Cultura, Ney Tosta abraçou com carinho o projeto de descentralização das atividade Culturais e percorria, com sua bicicleta, os mais variados bairros de Guaíra levando os seus conhecimentos na área que dominava como ninguém: A dança…

”Graduado em moda, promoter, bailarino, coreógrafo, decorador e professor de balé, o guairense Claudinei Ferreira Tosta, nosso Ney Tosta, teve  infância humilde no Bairro da Vila Aparecida, de onde nunca saiu. Ney Tosta conquistou a admiração e reconhecimento de todos, pela sua alegria, simplicidade e profissionalismo.”

Foi responsável e participante ativo dos grandes eventos culturais que ainda existem na Casa de Cultura. Era figura obrigatória na decoração do Carnaval de rua, aliás, um dos seus grandes idealizadores, do ”Natal na Praça” também participou ativamente da dramatização do evento ”Paixão de Cristo”.

Simples e humilde, ainda não foi devidamente reconhecido pelo seu talento, pela sua trajetória de vida por parte da população guairense, inclusive das autoridades. Assim, nos juntamos a outras vozes que se manifestaram recentemente através da rede social – por ocasião do término do ECAL – exatamente como aconteceu no ano passado, para fazer um apelo no sentido de se fazer justiça a uma pessoa que muito contribuiu para a Cultura de nossa cidade.


TAGS:

LEIA TAMBÉM
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos