Em mais um ano, Guaíra fica sem campanha de vacinação antirrábica

O Ministério da Saúde, responsável por enviar as vacinas aos municípios, suspendeu o envio para Guaíra desde 2018

Cidade
Guaíra, 13 de maio de 2020 - 23h49

A coordenadora do Departamento de Zoonoses da Secretaria Municipal da Saúde de Guaíra, a médica veterinária Dra. Camila Tibana, informou que até o momento não houve a confirmação por parte do Ministério da Saúde da realização da Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica (raiva) em animais domésticos como cães e gatos. A última campanha realizada em Guaíra foi em agosto de 2018.

Em 2019, alegando desabastecimento da vacina (VARC), o Ministério da Saúde suspendeu a campanha nacional de imunização dos animais, deixando de enviar as doses da medicação para os municípios brasileiros. Na ocasião o Governo Federal priorizou as localidades que registraram casos de raiva animal (das variantes 1 e 2) nos últimos 5 anos, atendendo algumas cidades da região, como São Joaquim da Barra.

Para áreas não classificadas como de risco, o órgão disponibilizou vacinas apenas para bloqueio de foco e não para vacinação em massa dos animais.

Sobre o desabastecimento das vacinas, a esfera federal também informou, à época, que “diante dos atuais fatos e visando a normalização dos estoques no ano de 2020, encontra-se em andamento dois processos de aquisição de vacina canina, uma por meio de compra nacional emergencial e outra por compra internacional via fundo rotatória da Organização Panamericana de Saúde – OPAS, com previsão de normalização dos estoques nacional a partir do segundo trimestre de 2020”.

No entanto, de acordo com Camila Tibana, até o momento não houve nenhum manifesto por parte do Governo Federal informando se haverá a entrega aos municípios das doses da vacina VARC para a realização da vacinação em massa dos animais domésticos.

“A nossa preocupação é que não eram registrados casos da doença, principalmente nas cidades, em virtude das campanhas anuais de vacinação. Agora, com esse espaçamento, as novas gerações de animais podem estar expostas à contaminação pelo vírus da raiva, que tanto em animais quanto em seres humanos é fatal”, comentou Camila.

A raiva é uma infecção viral aguda que pode ser transmitida para seres humanos por meio da mordida ou lambida de animais infectados. A vacina antirrábica é a única forma de prevenção da doença.

 

 


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente