Exposição “Poesia do Resíduo”, de André Costa, chega a Guaíra

Geral
Guaíra, 3 de setembro de 2017 - 11h03

As obras são constituídas por materiais que o artista recolhe nas indústrias gráficas e de comunicação visual

Com a presença de pais e alunos do projeto Usina da Dança, o Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça – IORM abriu, na última, a exposição “Poesia do Resíduo”, do artista plástico André Costa, no Centro Cultural Colorado, em Guaíra.

As obras são constituídas por materiais que o artista recolhe nas indústrias gráficas e de comunicação visual. Seu trabalho são temas urbanos, de um colorido intenso. De seu ateliê em Ribeirão Preto, André já têm espaço cativo em galerias de Nova York, Barcelona e Dubai.

A Principal matéria prima do trabalho de Costa e o vinil adesivo, que tem em sua composição solventes e silicone; um material, que na maioria das vezes vai para o lixo por não ser reciclável, nas mãos do artista se tornam relíquias. “Minha solução para este problema ambiental é o uso artístico deste material”, explica.

A exposição receberá, nos próximos dias, visitas de alunos de projetos da IORM, das escolas da rede pública de ensino, Francisco Gomes de Souza, Padre Mário Lano, Vicentina Aparecida Vaccaro Morsoleto e Vera Lúcia Vitali e também dos participantes do projeto Escola no Cinema, desenvolvido em conjunto pelo IORM, Secretaria Municipal de Educação e Diretoria de Cultura.

A exposição é gratuita e ficará aberta de segunda a sexta, das 13h às 17 horas, até 30 de setembro, no hall da sala de cinema Cinergia.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente