-
º º 07:17
Guaíra - SP

José Eduardo entrega oficialmente prédio para implantação de faculdade presencial

Apesar de todos os percalços jurídicos, o prefeito manteve o compromisso de viabilizar a implantação da instituição e determinou uma nova reforma do imóvel que, finalmente, foi entregue ao representante do Grupo Kheiron Educacional

Cidade
Guaíra, 4 de março de 2019 - 14h04

O prefeito José Eduardo Coscrato Lelis, juntamente com o Diretor de Educação e vice-prefeito, Renato Cesar Moreira e diversos secretários e diretores de governo, recepcionou na manhã da última quinta-feira (28), o proprietário do Grupo Kheiron Educional, Dr. José Eduardo Miranda, para a entrega oficial do prédio da antiga incubadora de empresas. O grupo será o responsável pela implantação de uma faculdade presencial em Guaíra.

Participaram do ato: o vereador Cecílio José Prates, um dos principais incentivadores do projeto e o ex-prefeito e atual Secretário de Gestão e Obras, José Carlos Augusto, que em sua gestão, há cerca de 7 anos, deu início ao processo de concessão do imóvel – em 2012 foi aprovada pela Câmara Municipal a Lei Complementar Municipal 2.558 autorizando a doação ao grupo educacional por um prazo de 15 anos.

Durante a formulação do projeto definiu-se que o prédio da incubadora seria o local ideal para a instalação do polo educacional. A administração ficou responsável pela realização de reformas de adequação para aprovação dos cursos pelo Ministério da Educação.

Na época, uma empresa foi contratada por meio de licitação para realizar as obras, que não foram concluídas totalmente até o final de dezembro de 2012. O ex-prefeito Sérgio de Mello, que na campanha de 2012 manifestou ser contra o projeto, venceu aquele pleito eleitoral e não deu prosseguimento na conclusão das adequações e muito menos à proposta da faculdade.

O prédio acabou sendo deteriorado e vandalizado, tornando-se inviável a instalação da instituição de ensino. Quando o prefeito José Eduardo assumiu a gestão, determinou ao departamento jurídico da prefeitura que fizesse o levantamento da situação do local. Verificou-se que a empresa que realizou a reforma era a responsável pela guarda do imóvel, ou seja, deveria ter zelado pela integridade do prédio.

Como isso não aconteceu, a atual administração impetrou uma ação contra a construtora e recentemente teve decisão favorável. A firma foi condenada a restituir aos cofres municipais mais de R$ 150 mil. A prefeitura está agora executando judicialmente a dívida.

Apesar de todos os percalços jurídicos, o prefeito José Eduardo manteve o compromisso de viabilizar a implantação da faculdade e determinou uma nova reforma do imóvel que, finalmente, foi entregue ao representante do Grupo Kheiron Educacional nesta última semana.

“Esta é a concretização de um sonho que atenderá aos nossos estudantes, nossas famílias e colocará Guaíra em um novo patamar de desenvolvimento Educacional. Acertamos com o Dr. José Miranda e uma nova proposta pedagógica será elaborada para ser apresentada à Câmara Municipal, oportunizando cursos que atendam a real necessidade de nossos jovens, mediante as atuais exigências do mercado de trabalho. Estamos trazendo um novo tempo de desenvolvimento para o município”, disse o prefeito José Eduardo.

“Esperamos que, após 7 anos de atraso, Guaíra possa ter, acredito que no máximo em 3 semestres, o seu primeiro processo seletivo para alunos que irão cursar presencialmente sua faculdade. Já temos o compromisso de em 45 dias trazer um nova proposta pedagógica totalmente atualizada e reformulada para atender aos futuros universitários da cidade e também da região”, articulou Dr. José Eduardo Miranda.






Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Cidade
Ver mais >
Acompanhe nossas atualizações. Siga-nos