Li, Gostei e passo para voces

Marli Vacaro

Geral
Guaíra, 31 de maio de 2020 - 16h58

As oportunidades da quarentena

O poder da esperança que o cardeal Mendonça propõe com veemência no texto “O poder da esperança. Mãos que sustentam a alma do mundo”, só nos salva depois de uma atenta compreensão e reavaliação do que estamos vivendo. Segundo o autor, e existe a esperança de que seja assim, a quarentena não deve ser entendida e vivida como “um congelamento adverso da vida que nos mantém reclusos”, mas como um dom, como um tempo novo, amplo e plástico, e uma oportunidade para nos reencontrar.

Confinados no isolamento, talvez possamos entender melhor o que significa ser uma comunidade, onde estamos, sem tocar nas mãos uns dos outros. De fato, este é o momento em que, fora da torre de marfim do nosso ego, podemos reaprender muitas coisas, “o valor da saudação, o estímulo de um elogio, a incrível força que recebemos de um sorriso ou de um olhar. Sem que os nossos braços se estendam para os outros, podemos nos abraçar afetuosamente, como já fazíamos ou de maneira ainda mais intensa, comunicando, com esses abraços reinventados, o incentivo, a hospitalidade, a certeza de que ninguém ficará sozinho. Sem nos conhecermos, podemos, enfim, aprender a não condenar ninguém à indiferença, a não tratar os nossos semelhantes como desconhecidos”.


TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente