As Mesquitas

Opinião
Guaíra, 12 de outubro de 2016 - 07h46

Uma mesquita é a construção na qual os muçulmanos adoram Deus, fazendo suas orações, estudando, meditando e lendo o alcorão.  Em países de maioria muçulmana, as mesquitas são encontradas em quase todas as esquinas.

No Brasil, a primeira Mesquita construída foi da Avenida do Estado na cidade de São Paulo, sendo a de Barretos a segunda, onde atualmente existem muitas ao redor do País, juntamente com os templos de orações.

A palavra “Mesquita” é uma tradução do árabe Masjid, que quer dizer um lugar de prostração. Quando a testa de um muçulmano toca o solo, ele ou ela está muito próximo de Deus.  A oração estabelece a conexão entre o fiel e seu Senhor e a prostração simboliza submissão completa, humildade, demonstrando total adoração.

Nelas encontramos tapetes para a prática das orações, devendo ser um local limpo, que não carrega quaisquer sujeiras que acompanham as solas dos nossos sapatos, havendo assim respeito com a casa de Deus, não podendo assim adentrar com quaisquer roupas, sejam decotadas, shorts curtos, seja para os homens ou mulheres.

As orações nas mesquitas são realizadas em congregação, pessoas lado a lado, não havendo diferenças entre reis e súditos, nem pobres e ricos, nem brancos e negros, não há primeira ou segunda classe, nem bancos dianteiros ou traseiros, nem assentos reservados ou públicos. Todos ficam de pé e agem lado a lado, da maneira mais disciplinada e exemplar, longe de qualquer consideração mundana.

Nas mesquitas, as pessoas se encontram, trocam informações, se preocupam umas com as outras, se uma falta, o outro quer saber se está doente ou precisa de algo, nela as pessoas fazem caridade e ações sociais com instituições filantrópicas, havendo assim um completo elo de ligação, sem egoísmo e sim compaixão, como um único corpo.

Foram as primeiras instituições de ensino para os muçulmanos, onde se aprende sabedoria e virtudes. O profeta Muhammad Sws, costumava, ao término da oração da Alvorada, em sua Mesquita, ser procurado pelos frequentadores para aprender os assuntos de sua religião.

A Mesquita é uma escola, sendo assim ela representa desta forma, o primeiro instituto de ensino no Islam, sendo que dela saíram muitos estudiosos e pensadores que contribuíram em diversas áreas na qual a sociedade hoje colhe seus frutos.

As mesquitas são de todos os tipos e tamanhos, de acordo com cada povo ou costumes, havendo assim uma arquitetura comum padrão, tais como um mihrab, um nicho na parede que indica a direção de Meca, onde os muçulmanos oram, um minbar (ou púlpito) a partir do qual um sábio muçulmano é capaz de transmitir um sermão ou discurso e minaretes, torres altas usadas, onde se faz o chamamento para cada oração.

Nunca existem quaisquer imagens de pessoas ou animas ou estátuas nas mesquitas porque no Islã é proibido que sejam mantidas ou exibidas.  Às vezes as paredes internas das mesquitas são decoradas com versículos do Alcorão em caligrafia árabe.

As cores são variadas, podendo cada local escolher a sua junto com sua comunidade, devendo se ressaltar que qualquer local seja um barracão, uma casa, um salão pode ser considerado uma mesquita, onde são chamados de mussalas, locais de orações, onde o mais importante não são as arquiteturas que cercam o local e sim as almas que lá habitam, louvando o Criador e o Adorando como Ele deve ser Adorado, como UM ÚNICO DEUS, SEM SÓCIOS, FILHOS OU PARCERIOS.


TAGS:

Girrad Mahmoud Sammour

Girrad Mahmoud Sammour, Advogado, Pós Graduado em Processo Civil, Professor Divulgador Do Instituto Latino Americano De Estudos Islamicos-Ilaei, Diretor Da Mesquita De Barretos-Sp. Dúvidas e palestras  [email protected]

Ver mais publicações >

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS PUBLICAÇÕES
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente