Felicidade ou alegria

Opinião
Guaíra, 25 de outubro de 2016 - 08h03

Atualmente, o que mais vemos hoje entre as pessoas é um vazio imenso, falta de compaixão, escuridão, desânimo, ausência de produtividade, enfim, uma depressão generalizada, onde vivem em um mundo de fantasia e de aparências.

Muitos desses fatores são acompanhados por pessoas que possuem saúde e poder aquisitivo, porém o dinheiro nada pode fazer além de buscar uma ajuda médica ou comprar remédios para viverem anestesiados da vida lá fora.

Se analisarmos tal situação, vemos que o motivo principal de tais problemas é falta de uma crença sólida em Deus Único, sem sócios, filhos ou parceiros, fazendo com que a pessoa caia num vazio da infelicidade, tristeza, medo, insegurança, brigas, covardia, a ponto de cometer até um crime diante de tantas adversidades.

Deus diz no alcorão: São fiéis e cujos corações sossegam com a recordação de Deus. Não é, acaso, certo, que à recordação de Deus sossegam os corações?” (Alcorão 13:28). “Jamais acontecerá calamidade alguma, senão com a ordem de Deus. Mas, a quem crer em Deus, Ele lhe iluminará o coração, porque Deus é Onisciente.” (Alcorão 64:11) 

Se realmente as pessoas tivessem uma fé sincera em Deus, certamente haveria sossego em seus corações e assim qualquer obstáculo na vida que seja a pessoa teria contentamento com sua situação, sabendo que tudo provém do Criador e com a paciência os problemas ficariam menores a ponto de sequer sentirmos os mesmos.

Ocorre que as pessoas fazem o inverso, vivendo em um mundo de fantasias, achando que o dinheiro, as viagens, a bebida, as drogas, as propriedades, o trabalho, as roupas, os shows, etc., são a razão de suas vidas, sentindo mera alegria, euforia e não felicidade plena, pois aquela sensação passa rápido e logo após vem algum tipo de problema e a pessoa cai novamente na situação anterior em que se encontrava.

O islamismo no ensina que as adversidades são testes desta vida para Deus ver quem melhor se comporta, onde assim diz no alcorão: “Certamente que vos poremos à prova mediante o temor, a fome, a perda dos bens, das vidas e dos frutos. Mas tu (ó Mensageiro), anuncias (a bem-aventurança) aos perseverantes.” (Alcorão 2:155).

A questão é como enfrentamos esses testes com paciência e perseverança, nos aproximando de Deus ainda mais ou com rebeldia, desânimo, raiva, procurando problemas em tudo e nos afastando cada vez mais de nosso Criador.

Se realmente procuramos a solução dos problemas junto a Aquele que nos Criou, teremos as adversidades transformadas em facilidade. Ao mesmo tempo a religião islâmica não deixa que o indivíduo que necessite de ajuda procure o conhecimento através de profissionais da saúde, remédios, devendo sempre saber que de nada adianta um médico se a própria pessoa não quer se ajudar, pois deve partir de nós enfrentar os obstáculos, querendo uma mudança em nossas vidas, conforme vemos nos versículos seguintes:
“Em verdade, com a adversidade está à facilidade! Certamente, com a adversidade está a facilidade!” (Alcorão 94 5 e 6). Deus jamais mudará as condições que concedeu a um povo, a menos que este mude o que tem em seu íntimo.”  (Alcorão 13:11).

Por fim como forma de sermos mais agradecidos, termos contentamento e felicidade diante de nossa situação, devemos sempre lembrar que enquanto temos saúde, existem muitas pessoas em situação pior nos hospitais, enquanto temos o que comer, há pessoas que lutam dia a dia por um prato de comida, enquanto temos um trabalho, há pessoas procurando um lugar para ganhar seu sustento e enquanto há pessoas sem vontade de viver, há muitas lutando pela vida, conforme ensinou o Profeta Muhamad SWS: “Olhe para aqueles que estão abaixo de você e assim será agradecido em sua vida.”

                               


TAGS:

Girrad Mahmoud Sammour

Girrad Mahmoud Sammour, Advogado, Pós Graduado em Processo Civil, Professor Divulgador Do Instituto Latino Americano De Estudos Islamicos-Ilaei, Diretor Da Mesquita De Barretos-Sp. Dúvidas e palestras  [email protected]

Ver mais publicações >

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS PUBLICAÇÕES
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente