Sonhos e expectativas

Opinião
Guaíra, 1 de julho de 2017 - 15h40

São os nossos sonhos que nos movem, eles nos impelem a continuar batalhando por dias melhores e mais felizes. Não é assim? Embora o povo brasileiro, ricos e pobres, esteja vivendo período conturbado e envolto em mar de incertezas, considero bastante recomendável recordar dois versículos da Bíblia Sagrada.

“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”. Romanos 8:28

“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu”. Eclesiastes 3:1

Como está a sua expectativa em relação a seus sonhos e a seus projetos de vida, meu prezado leitor? Admoesto-o para que não se deixe abater em função da situação política que estamos vivendo… Acredite, o que está acontecendo acontece, porque o país está iniciando o encerramento de um ciclo de rapinagem generalizada… Rapinagem por parte da classe política… Rapinagem por parte da classe empresarial.

Mas há boas novas… Novas lideranças irão surgir… E o Brasil será outro… O Brasil encontrará o seu norte! E brilhará! É imprescindível que compreendamos algumas coisas que Deus quer nos dizer…

É mister entender que depois da tempestade, vem a bonança! No Livro de 2 Reis, capítulo 24, lemos que o reinado de Joaquim, cai frente o exército de Nabucodonosor, rei da Babilônia, o qual levou cativa toda a nobreza de Jerusalém. Levou também todos os tesouros, todos os príncipes, todos os homens valentes, todos os artífices e ferreiros; ninguém ficou, exceto o povo pobre da terra, os velhos e os doentes, que para pouco ou nada serviam. E Nabucodonosor estabeleceu rei, em lugar de Joaquim, ao tio paterno deste, Matanias, de quem mudou o nome para Zedequias.

Ora, Zedequias ficou em Jerusalém para governar o povo deixado ao léu por Nabucodonosor… Aleijados, paralíticos, velhos, doentes… Pessoas quase inúteis para qualquer trabalho. E Zedequias em pouco tempo, sonhou libertar-se do domínio da Babilônia… Então fez laços de amizade com o Egito… E imaginou que talvez pudesse fazer frente ao domínio dos babilônios… E derrotá-los… E, se por ventura tal ocorresse, voltariam a viver com qualidade de vida… Um sonho!

Apesar das muitas divergências entre Israel e Egito, eles uniram forças, e então os egípcios decidiram enfrentar o rei Nabucodonosor. E Zedequias, com a aliança egípcia, levantou-se contra a Babilônia, sonhando libertar-se do jugo… Porém, sem consultar Deus… E fazendo coisas más aos olhos do Senhor. Nabucodonosor tomou conhecimento deste levante e investiu fortemente contra o Egito… E Zedequias foi alcançado pelo exército babilônico, e ele presenciou seus filhos serem degolados sem nenhuma piedade, à sua frente… Logo após seus olhos foram vazados, e Zedequias foi levado como escravo para a Babilônia. Matanias, agora Zedequias, mesmo sendo um rei fantoche, mesmo reinando sobre velhos e doentes, ele e seu povo tinham liberdade. Era vida difícil e trabalhosa mas eram homens livres… Os babilônios não os importunavam.

Veja, prezado leitor, as atitudes de uma só pessoa podem levar um país à ruína. Matanias deve ter se lamentado muito sobre o que decidiu fazer. O povo de Israel havia se desviado de Deus. Eles se corromperam e faziam coisas más diante dos olhos do Senhor.

Aquele rei fantoche queria a vitória sobre Nabucodonosor, porque queria reinar como um rei de verdade… Mas ele esqueceu de obedecer e de seguir a Deus. Daí, dá tudo errado!

Eu João, tenho visto pessoas viverem dificuldades porque fazem alianças com pessoas erradas… Isto os leva à ruína moral e financeira, e há inúmeros exemplos assim à nossa volta. Todos os dias somos bombardeados pela criminalidade que abunda em todos os cantos recantos. É caos sobre caos. O país não merece isso. O povo brasileiro não merece viver assim!

A história de Matanias nos ensina que é melhor termos problemas e estar na dependência de Deus, do que não termos nenhum problema e vivermos ausentes de Deus. Não importa que dificuldades você esteja passando, nunca desista de seus sonhos nem de seus projetos de vida… E tenha excepcionais expectativas referentes a seus sonhos, mas sempre confiando em Deus.

Não faça as coisas de deu jeito, antes peça o direcionamento de Deus. E aprenda a viver na dependência Dele. Lembre-se amiúde dos dois versículos do início deste artigo: Tudo coopera para o bem daqueles que amam a Deus… E há um tempo certo para tudo acontecer. E creia, a sua vitória chegará. Glória a Deus!


TAGS:

João Antonio Pagliosa

João Antonio Pagliosa – Eng. Agrônomo – www.palestrantejoãopagliosa.blogspot.com.br

Ver mais publicações >

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS PUBLICAÇÕES
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente