Prefeito se reúne com a imprensa e discute problemas atuais da cidade

Geral
Guaíra, 11 de junho de 2017 - 10h14

José Eduardo destacou os assuntos que estão sendo questionados pela população atualmente, como os problemas com a iluminação e limpeza pública, o atendimento à comunidade e os atrasos nas licitações da prefeitura

Na manhã da última sexta-feira, 09, o prefeito José Eduardo Coscrato Lelis realizou um encontro com a imprensa para debater as principais discussões do município. O encontro ocorreu na sede da Casa da Cidadania e contou com a presença dos veículos impressos e online e rádios locais.

O Chefe do Executivo iniciou a reunião destacando as mudanças no Código de Posturas de Guaíra e as reações da comunidade quanto a isso. “Estamos modernizando e já mandamos para a Câmara. Queremos a participação da população nessas ações. Mas, não adianta fazer em seis meses o que não foi feito em 50 anos. Precisamos criar e projetar o crescimento da cidade e também definir a forma que será este crescimento”, demonstrou.

Um dos principais pontos destacados pelo prefeito foi a mudança de comportamento do cidadãos. “Pra mudarmos e melhoramos tudo não é só o prefeito, mas toda a população. Precisamos participar efetivamente, no sentido de resolver os problemas. Precisamos deixar os bons exemplos e a hora é agora”, ressaltou.

“Temos que mudar o comportamento em tudo. Sempre tenho isso comigo: o exemplo não é a melhor maneira de influenciar as pessoas, é a única! E necessitamos dar esse exemplo como poder público”, completou.

Para José Eduardo, a participação do guairense para a melhoria de Guaíra é fundamental, seja através da Ouvidora, com reclamações, denúncias, sugestões e até mesmo elogios sobre qualquer setor do governo municipal.

LICITAÇÕES

Os meios de comunicação questionaram o Chefe do Executivo quanto ao atraso nas licitações, já que há profissionais capacitados e remunerados para que possam melhorar o fluxo de publicações dentro da prefeitura, o que não está ocorrendo.

“As questões legais, a um primeiro momento, parecem levar à visão ineficiência, porque já estão acostumados com um tipo de comportamento, um certo vício e isso não é fácil ser mudado, principalmente dentro da estrutura pública. Tenho buscado no limite essa organização”, afirmo José Eduardo.

Entretanto, ele não negou as reclamações quanto à lentidão nos processos. “Meu setor de compras realmente tem uma lentidão, porque haviam procedimentos que não eram corretos, pagavam serviço sem ser empenhado. E, mudar esse hábito não é fácil e isso realmente gera uma certa morosidade.”

 

Lelis citou ainda a busca pela excelência do funcionário público. “Para se ter uma ideia, tenho algo em torno de 30 processos de sindicância, ou seja, toda irregularidade; uma linha do governo que não abrimos mão. Mas, também tenho que motivar essas pessoas, mostrar a responsabilidade do servidor para ele atingir o trabalho de excelência. Estamos fazendo nosso papel, pagamos em dia, repasses são feitos… Agora, a população também é importante. A comunidade tem que buscar junto essa qualidade de excelência”, comentou.

VALORIZAÇÃO DO SERVIDOR

Para o prefeito, o foco da sua gestão é capacitar e valorizar o servidor. “Temos sete mil pessoas desempregadas no município. O funcionário público tem estabilidade e isso já é por si só uma alegria. Tenho dito que preciso valorizar e dar condição ao funcionário para se capacitar, quero implementar, em algum momento, o 14º salário. Se todo mundo ajudar e ao invés de gastar dez copos eu gastar menos, com economia teremos condições.”

PRÓXIMO AO POVO

Apesar das críticas nas redes sociais e imprensa, o prefeito garante que tem caminhado, pelo menos duas vezes por semana, pela cidade e ressaltou a importância disso. “Preciso estar na rua falando com as pessoas e também com a imprensa, que possui papel importante para discutirmos o juízo juntos. Se tem negócio errado vamos resolver.”

SELETA

José Eduardo disse que buscará eficiências nos serviços públicos e que conta com seus servidores e com a Câmara para isso. “Vou dar um exemplo: a Dra. Bia (presidente da Casa de Leis) é fantástica, uma dos grandes políticos que tem em Guaíra. Ela disse: ‘Zé vamos abraçar juntos e ficar no pé na Seleta’. E é isso. Vamos medir rua por rua e ver se aquilo que está no contrato será cumprido. É esse tipo de comportamento que precisamos ter em todos os setores.”

ILUMINAÇÃO

Os meios de comunicação cobraram a prefeitura sobre a falta de iluminação em diversos pontos e a ausência de respostas quando solicitam os reparos. O Chefe do Executivo confirmou que tentará trazer esta responsabilidade para a prefeitura. “São esses detalhes que preciso atender a população. Pegamos a gestão com mais de mil lâmpadas e todo mês queima mais de 250. Quero trazer isso pra prefeitura, contratar eletricista pra ficar por conta disso.”

O prefeito ainda demonstrou que está comprometido a melhorar a estrutura do município até o final de sua gestão. “Daqui três anos e meio não sou mais prefeito e tenho que ter deixado um legado. Mas estou feliz nas mudanças que fizemos. Você chega em Guaíra hoje e está diferente. As pessoas estão colaborando. Precisamos atuar mais onde há vulnerabilidade social, problemas de desemprego. Sei o tamanho do desafio mas se não estiver junto às pessoas para mudar o comportamento, não vamos conseguir”, encerrou.

 

 



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

OUTRAS NOTÍCIAS EM Geral
Ver mais >

RECEBA A NOSSA VERSÃO DIGITAL!

As notícias e informações de Guaíra em seu e-mail
Ao se cadastrar você receberá a versão digital automaticamente